As Letras da Vida – Os cinco sentidos

1236 0

* Maristela Prado – Enxergo, logo vejo tudo à minha frente. Os movimentos das pessoas, das coisas, da natureza. Os gestos, as expressões, as cores, o aglomerado, o tapa, o beijo, o abraço, a felicidade e a tristeza. Eu vejo, com os olhos do coração e da razão, com carinho e com raiva, o riso falso e a emoção verdadeira.

Falo, besteiras e versos de amor e a prosa faceira. Alimento minhas palavras de acordo com o que sinto, falo sem querer falar, falo porque quero falar, falo com todos os tipos de sentimentos, com todo tipo de pensamento. Aquele que pulsa pra fora da boca sem controle algum, e aquele que tento, e não sai de jeito nenhum.

Ouço o que quero e o que não quero, ouço as palavras sinceras, as bobagens e a mentira. Ouço barulho de trem, de carro e de buzina. A britadeira da construção que não para. O som alto do carro ao lado. A música que toca na balada, no rádio, no carro. Ouço o choro, o grito de socorro. O sussurro de amor no ouvido e as ofensas esbravejantes de outrem.

Cheiro de flor do campo, do mar e da areia. Do corpo suado, do perfume e da pele depois do amor. O cheiro de comida no fogão, o vinho da mesa e do tempero fresquinho. O cheiro da saudade que ficou, do mato molhado e do amor que não ficou.

Tateio a pele e o cabelo, sinto a temperatura do teu corpo, o arrepio, tuas perfeições e imperfeições. As formas, pesos e medidas. A maciez e aspereza. A pele com pele e o vidro cortante, o tato de sentir o amor constante.

* Maristela Prado é Bacharel em Letras e revisora de textos, casada e mãe de dois filhos adultos. Leia mais no blog As Letras da Vida

Total 3 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "As Letras da Vida – Os cinco sentidos"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *