Home Fóruns CliqueABC

CliqueABC

Respostas no Fórum

Visualizando 15 posts - 1 até 15 (de 399 do total)
  • Autor
    Posts
  • em resposta a: Palavra de Internauta #929
    raptavares
    Mestre

    Moro no bairro de Camilópolis, na cidade de Santo André, e recebemos uma carta informando de que a Prefeitura iria reformar a praça da Rua Ciro Monteiro. Mas a praça está largada desde sua inauguração, que foi há 20 anos… E agora decidiram reformar? Mas estão cortando todas as árvores que existiam aqui.

    Como cidadã isso me deixa muito revoltada e desapontada com a prefeitura, por que cortaram muitas e muitas árvores em ótimo estado. Nunca vi ter a necessidade da matar tanta natureza assim.

    Fora que deixaram material de construção, como areia, blocos e pedras já faz mais de um mês e não fizeram nada, largaram aqui e já estão sumindo (claro que não ligam porque o dinheiro não é deles). Somos nós que pagamos!

    E o que os moradores mais querem, que é a retirada de uma antiga lanchonete que abriga drogados ainda está lá! Agora a praça está toda escura no período noturno, não sei o que fizeram, mas a praça está totalmente sem iluminação.

    Anexei algumas fotos da devastação que fizeram e dos materiais de construção.

    em resposta a: Palavra de Internauta #931
    raptavares
    Mestre

    Meus amigos de São Bernardo, principalmente os funcionários públicos:

    A estupidez em eleger e reeleger o petista Luiz Marinho como Prefeito de São Bernardo, ao invés de ter escolhido o Deputado Orlando Morando ou o Alex Manente, vem demonstrando claramente que além de outros malfeitos que vem ocorrendo em todas as áreas da administração pública municipal (o maior exemplo foi o pedido de prisão da secretaria de educação Cleuza Repulho), aliás muito comum nas administrações petistas.

    Como era de se esperar Luiz Marinho foi mais longe, está arrancando com as duas mãos a administração do IMASF dos funcionários públicos.
    Fundada ha mais de 50 anos na administração do saudoso Hygino de Lima pelos funcionários públicos de São Bernardo da época, nesta semana foi enviado à Câmara Municipal com 100% de chance de ser aprovada (pela panelinha de vereadores que o apoiam) um projeto de lei pelo qual a administração municipal se apodera definitivamente do comando do Imasf (Instituto Municipal de Previdência de São Bernardo do Campo).
    A má escolha ocorrida nos últimos dos administradores do IMASF indicados através de lista tríplice ou coisa parecida acabou deixando o IMASF nas mãos de pessoas sem a mínima capacidade de administrar um buteco na favela.

    Além das ideias faraônicas levou o Imasf a uma situação crítica ou seja tudo aquilo que Luiz Marinho necessitava para se apoderar daquilo que não é dele. O Imasf não é dos PeTralhas, é da Prefeitura, dos funcionários em atividade e dos aposentados, que seguramente batalharam muito para construi-lo.

    Não é necessário lembrar que o Imasf, por muitos e muitos anos, foi um dos melhores planos de assistência médica do Brasil, em sua lista de credenciados constavam os melhores hospitais e médicos da região.

    Chego a acreditar que hoje, através de amigos, é preferível procurar o Hospital Mario Covas. Um lembrete aos associados, apesar de não ser beneficiário do Imasf tenho comparecido à Câmara nos dias em que o assunto está em pauta e infelizmente tenho visto somente cerca de 80/100 professoras lutando por uma classe onde mais de 12.000 pessoas são dependentes.

    Mexam-se, antes que seja tarde. A saúde do Imasf está na UTI…

    em resposta a: Palavra de Internauta #933
    raptavares
    Mestre

    A propaganda partidária do PPS onde o deputado federal Alex Manente e os vereadores de seu partido afirmam que as obras de canalização do rio foram reiniciadas e serão concluídas depois da fiscalização feita por eles, está mais para um programa de humor que uma propaganda eleitoral.

    Deputado… Lembre-se a cidade de São Bernardo além de rica é habitada por uma população culta e informada.

    Esse tipo de bla, bla, bla, para não dizer “mentira” não cola e com toda certeza só mostra o tipo de político que o senhor é.

    Aproveitando a oportunidade como o senhor pretende sair na foto de campanha, com o Lulla, com o Luiz Marinho ou com ambos???

    Até porque não faz muito tempo que vi o senhor acompanhado por eles…

    em resposta a: Nota oficial da Câmara de São Caetano #935
    raptavares
    Mestre

    A Procuradoria Geral do Município ingressou no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo com pedido de suspensão da liminar concedida ao ex-Prefeito José Auricchio Júnior pela 7ª Vara da Fazenda Pública Estadual.

    O Presidente do Tribunal de Justiça, atendendo aos fundamentos apresentados pela municipalidade (interesse público e potencialidade de dano do ato decisório, ou seja, da liminar), acolheu o pedido da municipalidade, suspendendo a liminar concedida, permitindo que a Câmara Municipal de São Caetano do Sul prossiga no julgamento das contas do exercício de 2012.

    Assim, com fundamento no parágrafo 3º do artigo 202 do Regimento Interno, que dispõe “Exarados os pareceres pela Comissão de Finanças e Orçamento ou pelo Relator Especial, nos prazos estabelecidos, ou, ainda, na ausência dos mesmos, os processos serão incluídos na pauta da Ordem do Dia da sessão imediata, com prévia distribuição de cópias aos Vereadores”, em consequência, as contas da Prefeitura Municipal, referentes ao exercício de 2012, serão julgadas na próxima terça-feira, dia 25 de agosto, em Sessão Ordinária.

    em resposta a: Palavra de Internauta #937
    raptavares
    Mestre

    Em relação aos fatos ocorridos no dia 13 de agosto, a manifestação da CIDH (Comissão Interamericana de Direitos Humanos) é exatamente idêntica ao posicionamento imediato da Secretaria da Segurança Pública de São Paulo no sentido da investigação e esclarecimento do ocorrido.

    Inclusive com a criação de uma Força Tarefa com 50 policiais civis do DHPP (Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa) e DEMACRO (Departamento de Polícia Judiciária da Macro São Paulo), 12 peritos criminais e oito médicos legistas.

    Importante, porém, salientar os claros e graves erros do restante da nota da CIDH, tanto no tocante ao número de homicídios praticado por policiais, quanto no percentual de investigações e análises pela Justiça.

    Infelizmente, essa falha da CIDH mostra total desinformação derivada de precipitação, ao se basear somente em matérias jornalísticas e não em dados que poderia facilmente ter obtido junto aos Poderes Executivo e Judiciário.

    Ressalte-se, ainda, que graças ao trabalho sério e contínuo do Governo do Estado, no Brasil, somente em São Paulo o índice de homicídios é o aceitável pelas organizações internacionais, sendo 9,38 por 100 mil habitantes.

    em resposta a: Palavra de Internauta #940
    raptavares
    Mestre

    O presidente da Fiesp, Paulo Skaf, demonstra, com sua argumentação contrária à Sabesp, que tem um peso e duas medidas quando se trata de reajuste.

    Para tentar ganhar alguma notoriedade, recorre à Justiça contra o aumento proposto pela Sabesp e autorizado pela agência reguladora. Mas não aplica o mesmo critério quando se trata de reajustar as taxas pagas pelos alunos do Sesi, entidade administrada por ele.

    Neste caso, por exemplo, Skaf aplicou um reajuste de 12% entre 2014 e 2015 ante uma inflação de 7,6% no mesmo período. O nome disso não é defesa de direito público, é hipocrisia.

    em resposta a: Palavra de Internauta #942
    raptavares
    Mestre

    Depois de 92 dias em greve, vou reproduzir três importantes pensamentos.

    O pensamento de Darcy Ribeiro reflete um pouco do que aconteceu nesta greve:

    “Fracassei em tudo o que tentei na vida.
    Tentei alfabetizar as crianças brasileiras, não consegui.
    Tentei salvar os índios, não consegui.
    Tentei fazer uma universidade séria e fracassei.
    Tentei fazer o Brasil desenvolver-se autonomamente e fracassei.
    Mas os fracassos são minhas vitórias.
    Eu detestaria estar no lugar de quem me venceu”

    Darcy Ribeiro

    O pensamento de Henfil, diz que de tudo vale a pena dialeticamente.

    Se não houver frutos, valeu a beleza das flores; se não houver flores, valeu a sombra das folhas; se não houver folhas, valeu a intenção da semente.

    Henfil

    No pensamento de Fernando Sabino, fica estabelecido a continuidade validade em novos encontros

    De tudo ficaram três coisas…
    A certeza de que estamos começando…
    A certeza de que é preciso continuar…
    A certeza de que podemos ser interrompidos
    antes de terminar…
    Façamos da interrupção um caminho novo…
    Da queda, um passo de dança…
    Do medo, uma escada…
    Do sonho, uma ponte…
    Da procura, um encontro!

    Fernando Sabino, O Encontro Marcado.

    Em breve faremos um profundo balanço da conjuntura e do papel do governo, da direção do sindicato e dos setores de esquerda do nosso sindicato.

    Continuar na luta sempre! Forte abraço revolucionário.

    em resposta a: Palavra de Internauta #944
    raptavares
    Mestre

    Desrespeitoso,
    Participantes das plenárias da OP (orçamento participativo) com as ações já decididas pelo prefeito dos malfeitos de SBC são discriminados e praticamente marginalizados pelo forasteiro que ocupa um cargo de tamanha responsabilidade, mas que é gerido de uma forma arbitrária, vergonhosa, desrespeitosa e enganadora, com manipulações e ações que visam ludibriar àqueles que não têm um entendimento tão claro como o que temos sobre a forma como este indivíduo vem conduzindo a gestão pública da nossa querida cidade.
    Inúmeras são as injustiças cometidas por este indivíduo, que beiram o ridículo, mas, que aos poucos perde as forças porque a justiça sempre prevalece ao menos a que vem dos céus. Há sim, aqueles que conseguem muita coisa de forma desonrosa, e ainda assim dormem à noite o sonho dos livres. É assustador que isso já não tire mais o sono das pessoas que têm na mão a responsabilidade de garantir, aos munícipes da cidade sob a sua gestão, ações voltadas para melhoria dos serviços prestados para que possamos viver numa sociedade que busque sempre o bem comum, em detrimento dos interesses individuais e pessoais.
    No capítulo das plenários este “cara” mostra toda sua arrogância diante da população que participa, fazendo suas sugestões e reclamando com justiça das promessas não cumpridas, acontece que o alcaide não gosta de ser cobrado e ofende as pessoas, como aconteceu na plenária do bairro ferrazópolis realizada em 08/06/15 como nos informa um veiculo de comunicação regional, onde o todo poderoso grita e contesta de forma deselegante os questionamentos, devo lembrar que este funcionário público esta no lugar errado, pensa que esta em cima de um caminhão fazendo sua média, a população e principalmente os educadores, funcionários e as crianças que ficaram sem sua merenda por causa de uma secretária demitida tardiamente e a causa abraçada pelo “cara”, merecem mais respeito e não serem agredidas, lamentável, com certeza estes capítulos ficarão marcados na história de muitos discursos fervorosos, mentirosos e, muitas vezes exaltados, revestidos do sentimento de injustiça, descaso que ocorrera desde as primeiras plenárias. Exigimos respeito, não podemos mais ler estas noticias e ficarmos calados, não é esta a primeira vez que o todo poderoso agride os participantes das plenárias demagógicas, isto quando não os coloca para fora dos espaços utilizando-se da truculência dos GCMs, só lembrando, este reclama da situação econômica do País por atrasos em suas obras, mais a culpa é do seu partido corrupto, que detonou tudo pelo poder, lembre do Mensalão, Petrolão, Bndes e claro, da incomPeTência.
    Prefeito, sua atitude foi ridícula, mais respeito a quem te paga…
    Luizinho Fernandes – SBcampo.

    em resposta a: Palavra de Internauta #946
    raptavares
    Mestre

    Com olhar exclusivo na inflação, o Copom elevou pela sexta vez consecutiva a Selic. Para a Fecomércio RJ, no compasso do arrocho monetário, o Brasil destoa cada vez mais de seus pares internacionais, com crescimento bem abaixo da média e juros múltiplos do padrão.

    Estamos na lanterna em termos de crescimento e na liderança quando o assunto é taxa de juros. E a questão aqui vai além, porque o tanto pago por empresários e consumidores chega em média a três, quatro vezes os juros básicos da economia, quadro agravado pelo recente aumento de impostos.

    Com queda da atividade, do consumo e do investimento, o desemprego avança no país, com impactos diretos no comércio e na sociedade. Se o ano de 2015 é de ajustes, nada melhor que uma reforma estrutural.

    Hora de elevar a eficiência do gasto público, reduzir a Carga Tributária, incentivar o investimento e ampliar a produtividade das empresas, o que, por sua vez, ajudará a conter a inflação.

    em resposta a: Palavra de Internauta #948
    raptavares
    Mestre

    O número divulgado pelo IBGE sobre a taxa de desemprego, que teria chegado a 8% no trimestre encerrado em abril, não reflete a realidade. Esses números devem ser bem maiores.

    Isto porque o próprio IBGE admite que não considera como desempregadas as pessoas que não têm trabalho e nem procuraram nos trinta dias anteriores à pesquisa.

    O instituto diz que o número de desempregados chegou a 8 milhões, um aumento de 18,7%, ou 1,3 milhão de pessoas a mais em relação ao trimestre encerrado em janeiro.

    Mas, agora em maio, uma onda de demissões se abateu sobre toda a cadeia produtiva da indústria automobilística e de outros setores industriais.

    E foi justamente nesse momento que o governo decidiu cortar o acesso ao seguro-desemprego e ao abono do PIS.

    O pior é que o governo vai aumentar ainda mais a taxa básica de juros, que desestimula quem quer investir em atividades produtivas. Ou seja: o desemprego vai aumentar ainda mais.

    em resposta a: Palavra de Internauta #950
    raptavares
    Mestre

    A renúncia inesperada do presidente da FIFA, Joseph Blatter, nessa terça-feira (2), surpreendeu o mundo da bola.

    Reeleito recentemente para mais um mandato, ele vinha enfrentando resistência de todos os lados o que se tornou insustentável sua permanência no cargo depois, da prisão de sete dirigentes da FIFA, incluindo ai o Ex-Presidente da CBF e atual vice afastado do cargo José Maria Marin.

    Porque Blatter renunciou? Querendo saber … o que está por trás de sua renúncia?

    Ricardo Teixeira, ex-Presidente da CBF, foi indiciado pela polícia federal no Brasil pelos os crimes de falsificação de documentos públicos, falsidade ideológica, evasão de dividas e lavagem de dinheiro. Tem mais coisas para serem descobertas!

    Já, o atual presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, que fugiu da Suíça logo após a prisão dos sete cartolas, declarou recentemente que nada sabia a respeito de corrupção na CBF e na FIFA.

    Deve ter aprendido com Lula apesar de não ser filiado ao PT. Até os mais desinformados cidadão já desconfiavam que algo de muito podre acontecia no reino da FIFA.

    Esse é o Brasil que queremos que seja passado a limpo o mas breve possível e investigado!

    Basta de impunidade, de manipulação, de corrupção, de esperteza, de facilidades para cometer ilícitos, de falcatrua, de roubalheira! No Brasil e na FIFA.

    Dessa cartola ainda vai sair muitos coelhos! Cadeia neles: lá é lugar de gatunos, velhacos envelhecerem e apodrecerem!

    em resposta a: Palavra de Internauta #952
    raptavares
    Mestre

    Inegável a forte queda da confiança dos empresários do setor industrial. Observações que mostram mais ou menos uma lista de problemas que deveriam estar discutindo, além do ajuste fiscal.
    Bem verdade que existe uma visão muito pessimista da situação e faço algumas perguntas de resposta fácil, mas de difícil solução. Por que produzir no Brasil? Temos uma legislação trabalhista que valoriza o trabalho e o emprego? A justiça trabalhista no Brasil é justa para ambos os lados?
    Temos sindicatos modernos comprometidos com o emprego? Nosso sistema de transporte é eficiente e barato? Sistema elétrico é confiável e barato? Nosso legislação ambiental é clara, de fácil entendimento e transparente? O relacionamento da empresa com os diversos governos é fácil, transparente e objetiva? Os diversos órgãos de fiscalização tem um carácter educacional? Nosso judiciário é ágil e nos dá segurança jurídica? É fácil cobrar um divida no Brasil ?
    Não vou entrar nem no tema da qualidade da mão de obra. Hoje é muito melhor produzir no Paraguai, China, Índia que em nosso pais. Simplesmente por que é muito caro e difícil se produzir no Brasil. O simples ato de trocar uma lâmpada em uma empresa no Brasil, um ato simples que era feito com uma escada e pronto, se tornou um operação de alto risco e complexa e, portanto, com alto custo.”
    Acho que esse é um bom exemplo do que é necessário fazer. Empresários têm razão de estarem pessimistas ainda mais em um cenário que ele corre o risco de pagar mais impostos ou ter que repassá-los para o preço dos produtos.
    “A necessária “ordem” fiscal que precisamos apressar é apenas o primeiro passo. O PT não tem ajudado. É bom lembrar que foi ele quem deu aval e beneficiou-se eleitoralmente do “desastre fiscal”. Agora, com outro movimento oportunista, tenta beneficiar-se, de novo, da desinformação dos cidadãos, esperando que as “maldades” corretivas sejam aprovadas pelo “patriotismo” dos outros. Pode parecer esperto, mas tem uma dificuldade. Supõe que os “outros” sejam idiotas…”

    Luizinho Fernandes – SBCampo.

    em resposta a: Palavra de Internauta #954
    raptavares
    Mestre

    Prefeito Ignora o Funcionalismo.
    O Prefeito dos malfeitos de SBC tem passagens interessante mais pouco aprendizado, foi sindicalista, na candidatura do mensaleiro José Genuíno ao governo do estado de SP em 2002 foi vice na chapa, ministro do trabalho em 2005, ministro da previdência em 2007, onde teve uma das piores atuações, instituiu a alta programada no INSS e deixou esta pasta para concorrer as eleições em SBC 2008, onde foi “eleito” sendo o filho prodígio do “ex” presidente, mais fez várias promessas e dentre elas a de que a verdadeira missão seria a população combater a mentira; que a verdade iria prevalecer e que iria fortalecer a modernização da gestão pública e valorização do servidor, no entanto, o que me causa estranhesa é o prefeito não propor nenhuma mudança e não cumprir sua PROMESSA, leviana, de garantir AUMENTO DE SALÁRIO ao funcionalismo e que diante das paralisações faz uma proposta abaixo do reivindicado e ainda parcelado, desmerecendo a categoria e sendo totalmente irresponsável com a questão, o mesmo com os professores, alegando que estes ganhavam mal e eram maltratados e hoje, além da secretária condenada, não atende as necessidades dos alunos ainda lhes tira o alimento e suas reivindicações recebem o mesmo tratamento ou seja de atendimento e atenção, então fica a pergunta, cadê a volorização destas categorias e o respeito Sr. Prefeito, devo lembrar que já tem um histórico bem negativo na cidade, basta ver várias edições deste Diário, profundamente lamentável, isto porque chama sua administração de “inclusão” imaginem só, quanta desfaçatez e ainda é de uma tremenda arrogância, não é assim prefeito o Sr. esta de passagem e a não teremos nada para comemorar a não ser estes fatos lamentáveis, mais fica uma pergunta, onde estão os nobres vereadores desta cidade?
    Escondem-se por quê?
    Luizinho Fernandes – SBcampo.

    em resposta a: Palavra de Internauta #956
    raptavares
    Mestre

    O servidor público de Santo André vem perdendo, ano após ano, a luta contra a desvalorização do seu trabalho.

    Podemos acompanhar essa luta nos protestos que eles vêm fazendo pela cidade, lutando pelos seus direitos, lutando pela valorização da classe.

    O sindicato dos servidores públicos (Sindserv) está há pelo menos dois anos, lutando por um reajuste que acompanhe a economia atual e espero de coração, que a categoria possa se unir cada vez mais na busca pelos seus direitos, sem unidade é impossível fazer com que o sindicato seja ouvido.

    A frente da nossa cidade, temos um prefeito que acima de tudo, tem sua origem como sindicalista e que sabe negociar com a classe. Acontece que hoje, o PT tem invertido a sua estrutura de pensamento, eles são muito bons quando o assunto é cobrar quando o outro é o patrão. Mas quando eles são o patrão a coisa muda de figura.

    A gestão passada, no governo do Aidan Ravin, apesar de todas as críticas feitas pela gestão, tivemos alguns anos em que o reajuste foi de 8% acima da inflação, o que prova que basta ter vontade política de fazer.

    Aumento salarial e valorização de carreira é política de governo, quando não se tem, não se faz.

    Lembro bem da fala feita pela Miriam Belchior, atual Presidente da Caixa Econômica Federal, no primeiro ano de gestão do Celso Daniel, dizendo que o servidor publico não era problema dela, o PT não para governar a favor ao trabalhador. E o partido tem mostrado isso sistematicamente, ano após ano.

    Espero que esse ano, os sindicalistas consigam um pouco mais de dignidade, e que sua luta seja ouvida por todos. A Câmara Municipal está aberta e a disposição para lutarmos juntos pelos direitos daqueles que tanto fazem pela nossa cidade.

    Um grande abraço a todos!

    em resposta a: Palavra de Internauta #958
    raptavares
    Mestre

    51 anos sem
    Lauro Gomes,
    A morte do prefeito de São Bernardo, Lauro Gomes, faz hoje 51 anos e quanto mais depressa o tempo passa mais saudades os antigos moradores sentem dele porque foi um político com dimensão de estadista que comandou a transição da cidade de uma economia agrária para uma economia industrial e se antecipou aos fatos.
    A construção pelo governador Adhemar de Barros da Via Anchieta, no final dos anos 40, muito contribuiu para Lauro Gomes ter esta dimensão, mas – casado com a filha única da tradicional família Rudge Ramos – ele já chegou à prefeitura de São Bernardo com a experiência da iniciativa privada no Frigorífico Wilson do Brasil.
    Foi Lauro, um autodidata, cuja experiência o levou a diretor Jurídico do Frigorífico, quem fez o teste para a contratação do advogado Tito Costa, recém-formado pela Faculdade de Direito do Largo São Francisco. E, eleito prefeito da cidade em 1951, após uma conturbada eleição contra Edmundo Delta, irmão da então deputada Tereza Delta, ele trouxe Tito Costa para São Bernardo.
    Da convivência com Lauro saíram – além do ex-prefeito Tito Costa – homens públicos da dimensão de Higyno de Lima, Lenildo Magdalena e Otto Betcke, que contribuíram bastante para a expansão da cidade e o seu desenvolvimento social, industrial e político. Para o benefício comum de São Bernardo a contribuição dada por Lauro Gomes é simplesmente espetacular:
    O seu governo ajudou a trazer a fábrica da Volks; antecipando-se aos fatos, criou a Escola Técnica Industrial, que hoje tem o seu nome e doou à FEI um terreno para se instalar em São Bernardo, a fim de preparar mão-de-obra especializada para a indústria metalúrgica; incutiu no funcionalismo a ideia da necessidade de um instituto municipal, atualmente chamado Instituto Municipal de Assistência ao Funcionalismo e de um clube, hoje Associação dos Funcionários Públicos e assim em diante.
    Quanto mais passa o tempo de sua morte – e hoje 20 de maio de 2015 se preenche 51 anos – mais o povo sente saudades dele.
    Assim nos presenteia o Jornalista e Escritor Carlos Laranjeira que inclusive escreveu um livro “A vida de Lauro Gomes”…

    Luizinho Fernandes – SBCampo.

Visualizando 15 posts - 1 até 15 (de 399 do total)