Home Fóruns Palavra de Internauta Sofreguidão pela acusação?

Sofreguidão pela acusação?

Palavra de Internauta

Mestre

Apenas a sofreguidão pela acusação pode justificar o erro de leitura contábil que persiste no trabalho da jornalista Andrezza Matais e a forma como entende e retrata o processo de compra de mobiliário de escritório pela empresa LFT Marketing Esportivo, de propriedade de Luis Claudio Lula da Silva.

Em nota prévia, os advogados já haviam esclarecido ser falsa a afirmação publicada tanto na “Coluna do Estadão” (27.04.2016), como na coluna de Eliane Cantanhêde (29.04.2016), ambas em O Estado de S.Paulo, de que LFT teria adquirido uma cadeira no valor de R$ 15.000,00. Mais cedo, informamos que os dados corretos constavam do Livro Razão da empresa, processo lastreado em nota fiscal, mostrando que foram compradas 11 (onze) cadeiras pelo valor total de R$ 10.890,00.

A jornalista não se convenceu, voltou a manusear os documentos da LFT e, enfurecida, exigiu que os advogados se retratassem, ameaçando publicar o que considerou e manteve como verdade dos fatos – o que fez.

Os advogados de Luiz Claudio vêm-se no dever de reiterar que é no Livro Razão que está a verdade dos fatos. Se a jornalista tivesse de fato o interesse em “investigar” a operação teria procurado a JML Assessoria Contábil e Fiscal Ltda, que assina o balanço da empresa, para obter dos especialistas a explicação – simples – que desmonta seu equívoco na origem.

No balanço da LFT, há uma conta denominada “cadeira de couro ecológica”. Esse é o nome atribuído à categoria de ativo da empresa, que está inteiramente detalhada, e sua evolução documentada, no Livro Razão. Nesse documento é possível verificar que foram adquiridas onze cadeiras em 2011e não apenas uma.

Andrezza Matais optou pelo seu entendimento, no lugar de buscar a informação no local pertinente, na busca de uma indevida espetaculização de uma simples operação do cotidiano de uma empresa privada.

Espera-se que a jornalista, de posse do Livro Razão, possa se retratar e transmitir aos leitores de O Estado de S.Paulo a notícia correta.

Roberto Teixeira e Cristiano Zanin Martins (São Paulo)

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.