Home Fóruns Palavra de Internauta Nota de Repúdio contra o vice-prefeito de São Caetano

Nota de Repúdio contra o vice-prefeito de São Caetano

Palavra de Internauta

 
Mestre

Nós, alunos do A3 Espaço de Dança, fomos surpreendidos há poucas semanas com a PROIBIÇÃO da utilização de um espaço público da cidade.

Devido às fortes chuvas, o Clube CER Pedro Furlan (Tamoyo), nossa sede há 18 anos, ficou impraticável com a falta de água e de luz. Porém, já havíamos recebido a informação que o mesmo entraria em reforma no mês de março e por esse motivo, uma nova sala nos seria oferecida para continuar as atividades.

A oferta de uma sala no clube fundação (com a permissão para fazer em imediato as alterações necessárias) foi aceita imediatamente pelas coordenadoras do espaço A3 em uma reunião com o Sr. Marcos Astolfi e a advogada da secretaria de Esportes Dra. Paula Crudo.

Para nossa surpresa, no momento de começarmos as adaptações, fomos informados que não poderíamos mexer na sala pois o contrato de “Autorização de Uso de Espaço Público” que as coordenadoras já haviam assinado no momento da reunião citada acima, não tinha sido assinada pelo Secretário de Esportes e Vice Prefeito Beto Vidoski.

Com isso, não temos mais espaço para nossas aulas neste ano. O estranho é que já estamos no espaço há 18 anos e após a municipalização dos clubes, sempre tivemos em dia com a autorização assinada e o pagamento de uma taxa mensal para o Fundo do Esporte. Autorização essa que agora dizem não valer desde 2017. Mas temos autorização assinada em 2017 e 2018?! Muito estranho…

O documento de “Autorização de Uso de Espaço Público” de 2019 foi assinado pelas coordenadoras do A3 Espaço de Dança, na presença dos funcionários da SELJ, e a informação é de que esse documento foi rasgado pelo secretário e vice-prefeito Beto Vidoski.

Repudiamos essa ação pois esse documento é oficial e público, e mesmo que não venha a ser assinado pelo secretário, exigimos a apresentação dele.

Nós, alunos e as 103 famílias que o A3 Espaço de Dança atende, dentre eles, vários bolsistas, embora os acontecimentos sejam claros, preferimos acreditar que isso não seja retaliação política causada pelo envolvimento da aluna Bruna Chamas na Eleição do Conselho Municipal de Cultura.

Sua participação foi democrática, dentro das regras do jogo, e a cidade e ou seus bens não podem ser usados e manipulados num jogo político. O patrimônio público é de todos e o coronelismo deve acabar.

Exigimos uma resposta do secretário de Esportes e vice-prefeito de São Caetano Beto Vidoski, por que um grupo tão antigo da cidade está sem espaço para continuar atuando e formando cidadãos artistas? E nem fomos informados do porquê!

Assim, exigimos a cópia ou 2° via da Autorização assinada por nossas coordenadoras, o comunicado oficial com justificativa por escrito do motivo da não renovação para darmos fim ao trabalho dentro do espaço público (Tamoyo).

Acabamos esse manifesto, deixando explícito nosso repúdio às atitudes do Sr. Secretário de Esporte e exigimos uma resposta.

Não deixaremos isso passar!

Alunos e familiares do Espaço A3 de Dança (São Caetano)

Visualizando 1 post (de 1 do total)

Você deve fazer login para responder a este tópico.