Home Fóruns Fala, Cidadão Ladeira da memória

Ladeira da memória

Fala, Cidadão

 
Mestre

O poeta jovem de ligeira estatura

imenso ao olhar meigo dos amigos

desce calmamente a ladeira da memória

a limar recentes versos, que larvaram

do vulcão de seus aposentos infinitos

do imemorial espírito voltado a descobrir

coragem e covardias soterradas a exprimir.

 

Não deixa de sentir a algaravia

de sua velha cidade que quedou tempestuosa;

o caos urbano não melindra seus versos

tampouco desfaz sua alinhada música e o som

antes os penetram, rebitam, engrandecem,

como deuses mitológicos vindos a nosso mundo:

os passantes, veículos, gritos, a seu modo em outras eras.

 

* Amadeu Garrido de Paula é advogado, sócio do Escritório Garrido de Paula Advogados

Visualizando 1 post (de 1 do total)

Você deve fazer login para responder a este tópico.