ONG lança campanha para incentivar denúncias de violência infantil

740 0

Da Redação – Aproveitando o mês de maior sensibilização às crianças, o CRAMI – Centro Regional de Atenção aos Maus Tratos na Infância do ABCD, com atuação em Santo André, São Bernardo do Campo e Diadema, lançou nesta quinta-feira (1º) a sua campanha Todos Pela Proteção. Com apoio da Fundação Salvador Arena e imagens impactantes (abaixo), esta ação visa conscientizar a sociedade sobre a importância de denunciar casos de violência contra criança e adolescentes, a fim de evitar que tais situações se transformem em tragédias.

Esquetes retratando as variadas formas de violência contra crianças e adolescentes serão a principal ação e terão lugar no Shopping Grand Plaza, em Santo André, nos dias 2 a 4 de outubro. De acordo com Vivian Ferreira, diretora da Go! Comunicação, responsável pelo desenvolvimento da campanha, a ação e a reação do público serão filmadas e o vídeo divulgado na Internet por meio de posts nas redes sociais e páginas da instituição. “Vamos centrar esforços para a viralização do vídeo no meio online e, assim, atingir o maior número possível de pessoas. Além dos esquetes, também serão distribuídos panfletos explicativos sobre as principais dúvidas da população sobre violência doméstica”, explica Vivian.

Já em praças e avenida de grande circulação de pessoas, localizadas em São Bernardo e Diadema, promotores circularão com frases de impacto para sensibilizar a população a denunciar os casos de maus tratos. A campanha envolve ainda material publicitário em ônibus e painéis frontlights, assim como outdoors em pontos estratégicos das três cidades onde o CRAMI atua.

“Criamos esta campanha porque agredir uma criança é um ato de covardia e é preciso encorajarmos as pessoas a denunciar os agressores”, ressalta Thelma Armidoro Velasco, psicóloga e assistente técnica do Centro. De acordo com ela, 90% dos casos de violência praticada contra crianças e adolescentes não são denunciados e isso ocorre porque os casos acabam sendo encobertos pelos próprios familiares.

“São casos de negligência e violência sexual, física e psicológica que não chegam ao conhecimento das autoridades e esses números podem ser ainda maiores”, revela Thelma. Para se ter ideia, durante o mês de agosto, o CRAMI atendeu 466 casos, sendo 133 de violência sexual, 186 física; 104 de negligência e 43 de violência psicológica. “Este último é um dos mais velados em razão do seu reconhecimento ser mais difícil, haja vista que envolve humilhações, ameaças e rejeição”.

O CRAMI foi criado há 27 anos por um grupo de profissionais, empresários e pessoas da sociedade civil que compartilhavam de uma preocupação em comum que era a questão dos maus tratos na infância, espelhando-se num serviço já existente em Campinas.

Hoje, a ONG conta com profissionais que atendem de forma especializada, crianças, adolescentes e familiares envolvidos em situações de violência doméstica, dos municípios de Santo André, Diadema e São Bernardo do Campo, além de desenvolverem ações preventivas por meio de palestras, seminários, cursos, fóruns e atividades diversas que buscam romper o ciclo da violência.

Desde sua fundação já foram atendidas cerca de 8 mil famílias, gerando mais de 344 mil atendimentos em forma de intervenções domiciliares, orientações, oficinas, psicoterapias individuais e em grupo. Mais de 50.950 pessoas passaram pelos seus programas de prevenção.

Serviço – Esquetes –

Shopping Grand Plaza – Avenida Industrial, 600 – Santo André
02/10 – Sexta 12h às 18h
03/10 – Sábado 10h às 16h
04/10 – Domingo 14h às 20h

Ação em São Bernardo – rua Marechal Deodoro – Centro
02/10 – Sexta 10h às 16h
03/10 – Sábado  10h às 16h

Ação em  Diadema – Avenida São José e Praça Presidente Castelo Branco
02/10 – Sexta 10h às 16h
03/10 – Sábado  10h às 16h

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "ONG lança campanha para incentivar denúncias de violência infantil"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *