O que podemos esperar dos vereadores de São Caetano?

266 0

img_0605* Elísio Peixoto – Em São Caetano do Sul, 32% dos vereadores foram reeleitos, equivalente a 6 cadeiras: Chico Bento (PP), Seraphim (DEM), Marcel Munhoz (PPS), Parra (PSB), Pio Mielo (PMDB) e Sidão da Padaria (PMDB).

Houve uma renovação de 68% na Câmara de Vereadores sulsancaetanense, sendo eleitos 13 novas parlamentares: Caio Funaki (PEN), Cesar Oliva (PR), Daniel Cordoba (PSDB), Eduardo Vidoski (PSDB), Marcos Fontes (PSDB), Mauricio Fernandes (DEM), Moacir Rubira (PRB), Olyntho Voltarelli (PSDB), Professor Jander Lira (PP), Ricardo Andrejuk (PSDB), Sueli Nogueira (PMDB), Tite Campanella (PPS) e Ubiratam Figueiredo (PR).

No Brasil, dos 144 milhões de eleitores aptos a votar, 41,6 milhões ou se abstiveram (faltaram), ou anularam seus votos ou votaram em branco, demonstrando um elevado índice de rejeição aos governantes.

No Grande ABC, dos 2.068.802 eleitores, 773.791 (37,40%) rejeitaram os candidatos nas urnas ou deixaram de escolher seus representantes nas prefeituras e Câmaras Municipais. Em São Caetano, dos 128.453 eleitores, 27,30% rejeitaram os candidatos nas urnas, equivalente a 35.080 pessoas votantes, distribuídos em 20.149 abstenções (15,69%); 11.235 votos nulos (10,37%) e 3.696 votos brancos (3,41%).

Diante de uma conjuntura de descrédito popular, onde grande parte da população deixou de votar em forma de protesto, esperamos dos vereadores um maior comprometimento em seus mandatos para reverter este sentimento de rejeição aos governantes, como uma efetiva colaboração e fiscalização dos atos do Poder Executivo; elaboração de proposituras (projetos de leis, requerimentos e indicações) de qualidade e que tenham impacto na sociedade; participação assídua nas atividades promovidas pela Casa de Leis (sessões, atos solenes, audiências públicas e comissões); transparência e comunicação eficaz; e uma atuação mais efetiva na defesa dos reais interesses coletivos.

Os estudos anuais de avaliação dos vereadores, elaborados pelo Voto Consciente, através dos quesitos acima elencados, demonstraram que os parlamentares melhor avaliados foram justamente os mais votados nessas eleições.

Cabe aos vereadores que assumirão a nova legislatura de 2017 a 2020, fazerem a sua parte, buscando a recuperação do seu prestígio, através de muito trabalho em defesa da população.

 

11999860_10206710651420395_1567469576_n* Elísio Peixoto é presidente da Associação dos Amigos de São Caetano do Sul (Asascs) 11994048_10206711692766428_564304270_oe dirigente do Movimento Voto Consciente São Caetano e do Movimento de Combate a Corrupção Eleitoral (MCCE).

 

Total 1 Votes
1

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "O que podemos esperar dos vereadores de São Caetano?"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *