Nina Silva, do Black Money, é uma das 20 brasileiras mais poderosas

415 0

Da Redação – No momento em que estamos presenciando a queda de tabus e mitos na sociedade brasileira, em especial na classe política, mais uma vez, temos exemplos de quem nem tudo e nem todos se rendem às benesses e/ou maracutaias da política ou dos negócios de ocasião. Gente como a brasileira Nina Silva, palestrante e conferencista, que acaba de ser reconhecida pela revista Forbes como uma das 20 mulheres mais poderosas do Brasil.

Escritora, mentora, gestora de negócios em tecnologia, reconhecida pela instituição internacional MIPAD (Most Influential People of African Descent) como um dos cem afrodescendentes mais influentes do mundo abaixo de 40 anos com chancela da ONU. Reconhecida pela Forbes como uma das 20 mulheres mais poderosas do Brasil em 2019, Nina Silva possui cerca de 17 anos de experiência em TI, além de uma ampla experiência internacional.

Nina, também, é uma das fundadoras do Movimento Black Money que atua com Inovação, mindset empreendedor e educação financeira para a população negra. “O objetivo é que o movimento seja um agente de desenvolvimento do ecossistema afroempreendedor, atuando como um Think-and-Do-Tank (fábrica de pensar e realizar ideias) em defesa dos valores do Nacionalismo Negro e da cosmovisão Panafricana”, explica a fundadora.

Em 2018, Nina Silva, também foi indicada na lista da Gama Academy dos 50 profissionais de tecnologia a serem seguidos no Brasil e uma das 12 mulheres negras contemporâneas mais importantes segundo a UOL Universal. A escritora e mentora, possui algumas obras publicadas, Nina foi condecorada como membra honorária da Academia de Letras de Araçariguama e região, em 2012.

Em suas postagens nas redes sociais, Nina compartilha sobre seu projeto, sua rotina como palestrante e reflexões sobre afroempreendedorismo. Atualmente, compõe a equipe da ThoughtWorks como Project Manager Lead, além de ter empresas como Petrobras, Honda, L’Oréal, Heineken, entre outras em seu histórico profissional. Além disso, nos últimos dez anos, gerenciou portfólios de projetos, rollouts e sistemas com vivência no exterior junto a grandes consultorias do segmento.

Sobre o Movimento Black Money

O Movimento Black Money tem como objetivo o fomento do letramento identitário e do mindset de inovação ao ecossistema afroempreendedor, estimulamos o espírito inovador de empreendedores e jovens negros para a criação de diferenciais competitivos no mercado. Com foco em comunicação, educação e empreendedorismo, o Movimento Black Money produz conteúdos nas áreas de inovação, tecnologia e finanças; além de ofertar cursos de curta duração nas áreas de marketing, gestão e tecnologia.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Nina Silva, do Black Money, é uma das 20 brasileiras mais poderosas"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *