Mogi bate Brasília e assume a vice-liderança no NBB

591 0

Da Redação – O Mogi das Cruzes/Helbor é o novo vice-líder do NBB CAIXA 2016/2017. Nesta terça-feira (7), a equipe paulista venceu o UniCEUB/BRBCARD/Brasília, pelo placar de 84 a 58, e subiu uma colocação na tabela de classificação. O confronto entre mogianos e candangos era uma briga mais do que direta pelas primeiras posições. Com o triunfo, o time do técnico Guerrinha deixou os rivais para trás e chegou ao segundo lugar, com 16 vitórias em 23 partidas.

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, os patrocínios da SKY, Nike e Avianca e o apoio do Ministério do Esporte.

Mogi teve grande desempenho coletivo. Shamell e Larry Taylor marcaram 18 pontos cada e foram os cestinhas da partida. Tyrone contribuiu com dez pontos, seis rebotes e cinco assistências, enquanto que Jimmy e Fabrício marcaram 13 e 11 pontos, respectivamente. Em sua pior atuação ofensiva na temporada, Brasília não teve nenhum atleta a pontuar em dígitos duplos e o cestinha foi Deryk, com nove pontos. Diante da forte defesa mogiana, a equipe da capital federal teve apenas 30,8% nas bolas de três pontos e 33,3% nos arremessos de dois.

Bauru volta ao G-4 – Não durou muito a estadia do Gocil/Bauru Basket fora do G-4. Depois de perder para o Franca e cair para o quinto lugar, a equipe do técnico Demétrius Ferracciú venceu um confronto direto contra o Universo/Vitória, nesta terça-feira, no Ginásio Panela de Pressão, pelo placar de 83 a 71, e reassumiu a quarta colocação do NBB CAIXA. Para sair de quadra vencedor, o esquadrão da Cidade Sem Limites contou com atuação respeitosa de Léo Meindl. O ala de 24 anos registrou 19 pontos, pegou oito rebotes ofensivos e 11 no total (recorde pessoal no NBB CAIXA), e cravou seu primeiro duplo-duplo da temporada. Além disso, totalizou 25 de eficiência e também cravou sua maior marca desta edição no fundamento.

Grande destaque do Vitória na temporada, Kenny Dawkins foi o grande destaque da pouco inspirada equipe baiana, com 15 pontos e cinco assistências. Seu compatriota Keyron Sheard contribuiu com 12 pontos, enquanto que o pivô André Coimbra, titular, foi responsável por dez pontos. Este foi o 15º triunfo do Bauru em 23 partidas na atual temporada do NBB CAIXA (65,3% de aproveitamento). Com isso, a equipe retornou ao G-4 e ficou a uma vitória do terceiro colocado UniCEUB/BRBCARD/Brasília. Apesar do revés, o Vitória contou com o tropeço do Franca Basquete para cair apenas para a quinta colocação, com 14 triunfos em 22 oportunidades (63,6% de aproveitamento).

Basquete Cearense surpreende Franca – Foi aquele resultado para lavar a alma e dar moral. Nesta terça-feira, o Solar Cearense foi até o Templo do Basquete Nacional e arrancou um resultado para lá de expressivo contra o Franca Basquete. Com virada no segundo tempo, o time de Alberto Bial levou a melhor em pleno Pedrocão, por 82 a 78, e se reabilitou no NBB CAIXA. Autor dos pontos da vitória do Basquete Cearense no fim, Davi Rossetto voltou a brilhar contra o Franca. No primeiro turno, registrou o recorde da temporada (36 pontos) e liderou o êxito do Carcará, em casa, por 95 a 81. Agora, no Pedrocão, foi responsável por 22 pontos em 30 tentados (5/6 nas bolas de 3), além de quatro assistências, quatro roubos de bola e 27 de eficiência.

Com 16 pontos (3/6 nas bolas de 3), o ala/pivô Lucas Cipolini foi o maior anotador do time da casa na partida, seguido por Dedé Stefanelli, autor de 11 pontos, e Isaac, que saiu do banco e fez dez pontos. O jovem ala/pivô Du Sommer, titular, deixou a quadra com nove pontos e oito rebotes, sendo seis deles ofensivos. Com o expressivo resultado no Pedrocão, o Basquete Cearense se recuperou das duas derrotas seguidas em casa, para Mogi das Cruzes/Helbor e Campo Mourão, e ainda aproximou do décimo colocado Paulistano/Corpore, agora com campanha de dez triunfos em 22 jogos. Já o Franca teve seu ótimo momento quebrado, perdeu a chance de colar no G-4 e manteve o sexto lugar.

Campo Mourão vence Minas após 3 prorrogações – O Ginásio Belin Carolo foi palco de uma partida emocionante confronto entre Campo Mourão Basquete e Minas Tênis Clube na noite desta terça-feira (07/03). A decisão veio apenas na terceira prorrogação e quem levou a melhor foram os donos da casa, pelo placar de 114 a 105. Os norte-americano Isaac Thornton e Greg Brown tiveram grandes atuações na vitória do Campo Mourão. O primeiro foi o cestinha da partida, com 30 pontos, e cravou seu recorde pessoal no NBB CAIXA. Já Brown deixou a quadra com expressivos 22 pontos, oito rebotes e sete assistências.

Do lado do Minas, o grande destaque ficou por conta do norte-americano Drew Maynard, responsável por 30 pontos e 15 rebotes. Este foi o sexto duplo-duplo do ala/pivô nesta temporada do NBB CAIXA. Além dele, o pivô Mosso, com 19 pontos, e o ala/armador norte-americano Scott Rodgers, autor de 17, também apareceram bem pelo time mineiro. Com a dramática vitória após incríveis 55 minutos de jogo, o Campo Mourão se manteve na oitava posição na tabela de classificação, agora com 13 resultados positivos em 23 jogos. Já o Minas sofreu sua 15ª derrota em 22 partidas e segue na 12ª colocação.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Mogi bate Brasília e assume a vice-liderança no NBB"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *