Mesatenista de São Caetano faz história em campeonato mundial

742 0

Da Redação – A atleta da equipe de tênis de mesa de São Caetano do Sul Bruna Takahashi participou de um momento histórico da modalidade na América Latina ao conquistar o inédito título feminino por equipes do Desafio Mundial de Cadetes, que está sendo disputado em Sharm El-Sheikh, no Egito. Este foi o primeiro ouro do continente na competição, conquistado com vitória por 3 jogos a 1 sobre a Europa.

Em sua quarta participação no campeonato, Bruna, sexta colocada do ranking mundial sub-15, alcançou seu melhor resultado. Até então, a brasileira de 15 anos havia conquistado duas medalhas na competição, ambas na edição passada: bronze por equipes e nas duplas femininas. “Esse título é muito importante pra mim, pois sei que é meu último ano no infantil. Queria muito vencer e entrar pra história deixando meu nome entre os campeões”, comemorou.

Bruna faturou o título para a América Latina com outras três mesatenistas: a porto-riquenha Adriana Díaz, a guatemalteca Lucia Cordero e a dominicana Esmerlyn Castro. Na decisão, elas tiveram pela frente a romena Andreea Dragoman, a sueca Christina Kallberg, a russa Anastasia Kolish e a tcheca Zdena Blaskova.

Adriana abriu o confronto vencendo Kolish por 3 sets a 2, parciais de 11/4, 11/6, 9/11, 6/11 e 11/4. Bruna fez 2 a 0 para as latino-americanas ao derrotar Dragoman por 3 a 0 (11/9, 11/6 e 11/7).

“Joguei muito bem essa partida. Entrei um pouco nervosa, pois havia perdido para ela na semifinal infantil do Aberto da Polônia desse ano, mas consegui pressioná-la e venci bem”, disse a brasileira.

Kallberg chegou a diminuir a desvantagem europeia com a vitória por 3 a 0 (11/8, 11/4 e 11/7) sobre Esmerlyn. No entanto, Adriana fechou o confronto na sequência: triunfo em sets diretos (11/2, 12/10 e 11/6) sobre Dragoman e título para a América Latina.

A brasileira fez seis jogos no torneio por equipes, com cinco vitórias e apenas uma derrota. Além de Dragoman, Bruna venceu a egípcia Marwa Alhodaby (175ª), a norte-americana Crystal Wang (18ª), a neozelandesa Cheng Zhiying e a sul-coreana Haeeun Choi (70ª). Seu único revés foi para a japonesa Maki Shiomi (34ª).

A disputa do Mundial de Cadetes prossegue. Bruna agora volta sua atenção para as disputas individuais e de duplas (femininas e mistas), que terão início na quinta-feira (29/10).

“Agora, entro com muito mais confiança no individual e nas duplas. Depois da derrota para a japonesa, consegui consertar meus erros e jogar muito mais solta”, concluiu a brasileira.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Mesatenista de São Caetano faz história em campeonato mundial"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *