Mensagem sobre a nova encíclica “Fratelli Tutti” do Papa Francisco

89 0

“Jesus perguntou: ‘Na tua opinião, qual dos três foi o próximo do homem que caiu nas mãos dos assaltantes?’ Ele respondeu: ‘Aquele que usou de misericórdia para com ele’. Então Jesus lhe disse: ‘Vai e faze a mesma coisa’.” (Lc 10, 36-37)

* Padre Ryan Holke – Queridos irmãos e queridas irmãs! As palavras de Jesus no Evangelho de hoje, ditas no final da parábola do bom samaritano, são um imperativo perene, que orienta e interpela os cristãos de todos os tempos:

– “Vai e faze a mesma coisa!” ou seja, “Vai e use de misericórdia para com o próximo, se faça próximo de quem precisa.”

No coração da parábola do bom samaritano, esta é a visão de Jesus sobre o sentido da fraternidade humana. Se Deus é o Pai de todos, então todos nós somos irmãos e a indiferença não pode ter lugar no coração humano e nem nas estruturas sociais.

O Vicariato Episcopal para a Caridade Social está comprometido em ser protagonista da construção da fraternidade na caridade em toda nossa Diocese, não somente através de ações de solidariedade, mas sobretudo, pelo olhar da fé, que enxerga a dignidade humana e reconstrói a comunidade social pelos relacionamentos e vínculos de amizade com os mais pobres e excluídos em toda a sociedade.

É neste espírito, que acolhemos com alegria a mais nova encíclica do Papa Francisco, intitulada “Fratelli Tutti”, expressão de Francisco de Assis que quer dizer “todos os irmãos”, sobre a fraternidade e amizade social.

Há tempo, o Papa se sente interpelado, pelo exemplo de fraternidade profética de São Francisco de Assis, a dirigir uma carta a toda a Igreja, e ainda, a todo o mundo sobre este tema tão importante. Além do mais, seu encontro em fevereiro do ano de 2019, com o Grande Imã Ahmad Al-Tayyeb, em Abu Dhabi, onde assinaram em conjunto o “Documento sobre a fraternidade humana pela paz mundial e a convivência comum”, foi um impulso importante neste itinerário.

Na nova encíclica, lançada às vésperas da Festa de São Francisco de Assis, o Papa considera de maneira profunda as implicações da universalidade da doutrina do amor fraterno e contrasta as exigências da dignidade humana com as gritantes realidades de exclusão, indiferença e injustiça.

A reflexão não se limita a fazer um diagnóstico da atual situação do mundo, mas é também propositiva, sugerindo um novo caminho de convivência humana marcado pelo compromisso com o valor universal da fraternidade e guiado pelo sonho de uma única humanidade, onde todos são caminhantes da “mesma carne humana”.

O Vicariato Episcopal para a Caridade Social é a expressão da Igreja Católica no ABC, que quer ser partícipe deste movimento de reconstrução dos vínculos da fraternidade e amizade social com a sociedade civil, as autoridades governamentais e especialmente outras comunidades de fé.

Convidamos a todos para que leiam a encíclica “Fratelli Tutti” clique aqui para ler na íntegra e se empenhem conosco para que o caminho de recuperação da pandemia do coronavírus seja, antes de tudo, a recuperação dos valores da dignidade humana, da fraternidade e da consciência de que somos uma única humanidade que caminha junto.

Fraternalmente,

* Padre Ryan Holke, MIPK é Vigário Episcopal para a Caridade Social – Diocese de Santo André

Total 1 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Mensagem sobre a nova encíclica “Fratelli Tutti” do Papa Francisco"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *