A luta pelo Passe Livre avança no Grande ABC

1139 0

* Aldo Santos – Esta foi uma semana muito ativa e produtiva para os membros do Comitê Regional Contra o Aumento da Passagem no Grande ABC. Na segunda-feira, mesmo diante de uma chuva torrencial, conseguimos nos reunir e traçar algumas estratégias em relação ao calendário da semana. Na terça, no período da manhã, comparecemos ao Consórcio Intermunicipal Grande ABC, com sede em Santo André, e pudemos dialogar com alguns prefeitos e arrancar alguns compromissos.

Falamos com o prefeito Maranhão que nos ouviu educadamente e disse estar aberto ao diálogo. Conversamos com o prefeito Orlando Morando, de São Bernardo, e atual  presidente do Consórcio, que, após indagação sobre o aumento da passagem e a mobilidade urbana, disse que o Consórcio de Prefeitos não tratou, e nem vai tratar deste tema.

Com relação à Mobilidade Urbana, ele disse que topa o debate regional e pediu para o secretário do Consórcio agendar para que este debate possa contribuir com  o importante tema.

Na tarde da mesma terça-feira, outro grupo foi à sessão da Câmara  de Santo André onde o prefeito Serra estava presente e se comprometeu em abrir o diálogo sobre esta temática. Todavia, ao sair do plenário os membros do comitê foram indagá-lo sobre a data do debate e o mesmo desconversou e foi indiferente ao apelo da comunidade.

Na quinta feira novamente membros do comitê compareceram ao plenário da Câmara e o Professor Chicão usou a tribuna e discorreu sobre o direito à cidade, o direito constitucional ao transporte público, criticou a postura do prefeito de Santo André que está na contramão da história, pois é a única cidade da região que  majorou o preço da passagem, passando de 3,80 para 4,20, e, ao final solicitou a revogação da passagem e uma reunião com o prefeito Paulinho Serra. O vereadores usaram a palavra de se manifestaram da seguinte forma:

“Vereador Pedrinho Botaro do PSDB – Falou que o prefeito está aguardando uma comissão para falar com ele.

Vereador Toninho de Jesus PMN – Ficou denunciando as más condições do transporte. Sugeriu fazer uma comissão de vereadores para conversar com o prefeito sobre o transporte.

Vereador Ronaldo de Castro PRB – Falou sobre a situação do idoso no transporte.

Vereador Fumaça do PSDB – Ex-motorista de ônibus, defendeu o aumento do transporte. Defendeu o patrão, mas se propôs participar na abertura do diálogo.

Vereador Fábio Lopes PPS –  Elogiou a fala do Chicão.

Vereador Marcos Pichiari PTB – Falou que o prefeito está aberto ao diálogo e disse que o prefeito quer montar uma comissão entre vereadores e população para debater o tema.

Vereador Tonho Lagoa PMB – Disse que o aumento é ridículo e que o transporte tinha que ser administrado pela prefeitura: estatizado.

Vereador Lucas Zacarias, PTB  – Falou que o prefeito está a disposição para debater o tema.

Vereador Cicote PSB (Presidente da Câmara) – Disse ter se sentido contemplado com a fala do vereador Fumassa. O presidente Cicote disse ainda que, como quem usou a tribuna livre para falar sobre o assunto, não fez nenhum encaminhamento. O Comitê deve tentar um novo espaço na Tribuna Livre.

Vereador Eduardo Leite PT – Falou que ele mesmo encaminhará um requerimento pedindo a reunião com o prefeito na próxima sessão. O presidente da Câmara solicitou que o requerimento fosse feito em nome de todos os vereadores e vereadoras.

Após essa atividade em plenário, procuramos alguns vereadores e gravamos algumas manifestações de apoio à luta pela revogação da passagem e em apoio  ao Comitê Regional Contra o Aumento da Passagem. Portanto, foi uma semana bastante proveitosa, em que pese várias organizações e partidos de Esquerda não estarem presentes numa luta tão importante como esta.

Quem luta conquista! Junte-se a nós!

* Aldo Santos é ex-vereador, sindicalista e membro do Comitê Regional Contra o Aumento da passagem do Grande ABCDMRR

Total 1 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "A luta pelo Passe Livre avança no Grande ABC"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *