Marinho entrega 52 casas no assentamento Capelinha/Cocaia

741 0

Da Redação – A Rua Dama da Noite, 39, casa 3, no Jardim Cocaia, é o novo endereço de Palmira Carola  Pereira, 71 anos, e Geraldo Oscarino Pereira, 59, que esperavam há cerca de 30 anos concretizar o sonho da casa própria. “O coração tá palpitando de tanta alegria”, disse Palmira. Eles, que vieram do Sul de Minas Gerais nos anos 1990 em busca de trabalho, estavam há 10 acolhidos em casa de parente, depois que foram obrigados a deixar a moradia no Parque São Bernardo, em 2004.

A tão esperada chave da casa foi recebida das mãos do prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho, na manhã deste sábado (19) durante a entrega de 52 moradias do Projeto de Urbanização Integrada do Assentamento Capelinha/Cocaia.

O casal lembrou que foram obrigados a sair do local em 2004 em função de uma obra de urbanização da administração municipal da época. “Não tivemos qualquer ajuda, fomos obrigados a sair, simplesmente”, lembrou Geraldo. Foi apenas em 2009, já com o governo Luiz Marinho, que começou o cadastramento dos moradores do bairro que seriam incluídos nos programas habitacionais da Prefeitura e que foram, agora, comtemplados. “É tanta alegria que nem acredito”, afirmou Palmira. Assim como para o casal, a manhã foi de festa na comunidade, com direito a bolo, parabéns a você, e som da banda Novos Antonios.

O projeto de urbanização resulta de contrato firmado entre a Prefeitura e o Governo Federal, por intermédio da Caixa Econômica Federal e no âmbito do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

“Este é um benefício não só da família, mas de todo o entorno. Espero que vocês cuidem bem de tudo o que foi feito aqui e continuem participando da transformação que ocorre em toda a cidade. Não faço um governo sozinho, dependo de vocês e de muita gente. Aqui mesmo nesta obra, precisei da ajuda do governo Dilma (Rousseff), com recursos financeiros do Orçamento Geral da União”, afirmou o prefeito Luiz Marinho.

Moradias – Além das 52 novas habitações, o programa beneficiou outras 68 moradias, que já estavam no local, por meio de ações de urbanização e regularização fundiária. O assentamento Cocaia/Capelinha totalizou investimentos de R$ 51 milhões, incluindo obras de habitação, infraestrutura e equipamentos públicos, regularização fundiária e trabalho social.

O projeto de urbanização como um todo tem como meta assegurar moradia adequada e a eliminar situações habitacionais que ofereciam risco à vida de 931 famílias residentes e cadastradas nos assentamentos precários Capelinha e Cocaia. Também prevê a recuperação ambiental dos dois assentamentos, que se configuram como ocupação irregular em área de proteção aos mananciais.

Além do Cocaia e Capelinha, outras 49 áreas na cidade estão em obras, em andamento ou contratadas, de acordo com a Secretária de habitação, Tássia Regino, presente ao evento. Desde que o atual governo assumiu a administração foram entregues 4.835 novas moradias.

Também participaram do evento a secretária Nacional de habitação, Inês Magalhães, o subprefeito do Riacho Grande, Wagner Lino, secretários municipais, vereadores e representantes da Caixa Econômica Federal.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Marinho entrega 52 casas no assentamento Capelinha/Cocaia"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *