Livro narra reflexões sobre a vida de um político corrupto após a morte

596 0

Da Redação – O livro Eternas Virtudes do Amor é a nova obra do poeta Roberto de Carvalho, autor de Nova Chance Para a Vida, que já vendeu mais de 15 mil exemplares. Neste romance, o autor narra a vida de Valentim em sua mais recente experiência encarnatória e deixa como mensagem aos leitores a importância de fazer escolhas certas em um mundo em que a existência humana é tão transitória e efêmera.

Valentim exerceu por mais de um mandato a função de prefeito e, desde que nasceu, teve a oportunidade de, coletivamente, praticar o bem, o que não fez Conviveu com desafetos do passado, tendo a chance de praticar o perdão, e reencontrou Suzana, companheira de outras existências, podendo provar o quanto a amava. Porém, vícios morais como egoísmo e ambição fizeram dele um político corrupto, arrogante e preconceituoso, seguindo por um caminho de erros e sofrimentos.

É com a morte que ele se conscientiza em relação à trajetória de sua vida, marcada por sentimentos menores e equívocos tanto na vida pessoal como na profissional, em que agiu como um político corrupto, hipócrita e egoísta.

E confabulava comigo mesmo, tentando justificar o injustificável. Desvio e posse pessoal de dinheiro público, depois que passamos a fazê-los, tornam-se uma prática rotineira, como se fosse a coisa mais natural do mundo. Depois que descobrimos os atalhos para a consecução de tais deslizes, tudo se descomplica. Parece uma ação tão inocente quanto a atitude de um menino que vai ao armazém comprar miudezas e se apropria das moedinhas
do troco.

A história de Valentim serve como alerta para aqueles que insistem em encarar o mundo apenas pelo viés do materialismo, esquecendo-se que, na verdade, tudo que se refere à vida material é tão transitório e efêmero quanto a própria existência humana.

Eternas Virtudes do Amor fará os leitores refletirem sobre seus próprios comportamentos e atitudes. A obra também vem com mensagens de O Livro dos Espíritos, de Allan Kardec, nos inícios de cada capítulo.

Todos os homens estão submetidos às mesmas leis da Natureza. Todos nascem com a mesma fraqueza, estão sujeitos às mesmas dores e o corpo do rico se destrói como o do pobre. Portanto, Deus não deu a nenhum homem superioridade natural, nem pelo nascimento, nem pela morte. Diante d’Ele, todos são iguais. O Livro dos Espíritos

Sobre o autor: O poeta, escritor e palestrante Antonio Roberto de Carvalho nasceu no dia 2 de março de 1964, em Liberdade (MG). Atualmente reside em São Paulo. Membro de três academias de letras, escreve desde a adolescência, tendo recebido vários prêmios literários e distinções do mérito cultural. Tem mais de vinte livros (próprios e mediúnicos) publicados, nos gêneros: romance, poesia, conto e infanto-juvenil. Em 2004, aos quarenta anos, Roberto se tornou espírita e descobriu a sua condição de médium de inspiração. Desde então, passou a inserir em seus escritos os preceitos básicos da Doutrina codificada por Allan Kardec. É vinculado à equipe de médiuns do Grupo Espírita Pescadores de Amor, localizado no bairro de Itaquera, em São Paulo.

Ficha técnica:
Editora Boa Nova
Autor: Roberto de Carvalho
Inspirado pelo espírito Valentim
I.S.B.N.: 978-85-8353-042-8
Páginas: 256
Formato: 16×23
Preço: R$ 32,00

Total 2 Votes
1

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Livro narra reflexões sobre a vida de um político corrupto após a morte"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *