Lauro Gomes de Almeida: um prefeito com aquilo roxo!

2145 3

LauroGomes

Marcelo Sarti – O ex-prefeito de São Bernardo e Santo André, Lauro Gomes de Almeida, natural de Rochedo de Minas (27/02/1895 a 20/02/1964), foi um daqueles políticos amados pelos eleitores e correligionários, mas igualmente odiado por desafetos e adversários políticos. Vindo das Minas Gerais, escolheu São Bernardo como cidade para morar e que alavancou a sua vida política. Em São Bernardo, mediu forças com a então prefeita Tereza Delta e chegou ao Paço Municipal após uma campanha cheia de incidentes, bate-boca e até tiros e morte.

Filho de Sebastião Gomes de Almeida e Olímpia Gomes de Almeida, viveu em Três Corações (MG), completou seus estudos primários e depois se graduou no Seminário de Mariana. Transferindo-se em seguida para São Paulo, fez seus estudos nos Ginásio do Carmo e e Ginásio Macedo Soares.

Lauro Gomes a frente da prefeitura, não ficou conhecido por um político que tinha o “trato” das campanhas com a população, mas iniciou uma gestão que começou a pensar na São Bernardo do futuro, e graças aos esforços empreendidos por ele nos bastidores, algumas montadoras como a Volkswagen escolheram a posição privilegiada de São Bernardo, entre o porto e a capital, para se instalar. Asfalto, praças, jardins, escolas, postos de saúde. Um prefeito de indiscutíveis obras e de uma vida bastante obscura e conturbada. Praticamente um personagem folclórico da cidade.

Foi deputado federal e prefeito de São Bernardo (duas vezes) e de Santo André. Conhecido como “prefeito das crianças” por ter cedido terreno pertencente a família (na verdade uma herança vinda pelo lado da família de sua esposa, Lavínia Rudge Ramos Gomes, filha do jurista Arthur Rudge da Silva Ramos), para a construção da Cidade das Crianças. A área ao redor da sede dessa grande fazenda pertencente aos Rudge Ramos passou mais tarde a abrigar a Escola Técnica Estadual Lauro Gomes, um de seus projetos. Amado pelos seus correligionários e eleitores, Lauro Gomes protagonizou situações na política local que, nos dias de hoje, lhe garantiriam o título de o “prefeito com aquilo roxo”.

Vamos falar de uma situação curiosa e inusitada, que, por si só, já garantiria o apelido para o mineiro, que adotou São Bernardo como cidade para viver e morrer. Por volta de 1961, uma construtora iniciou a obra de um prédio na Rua Marechal Deodoro, nº 1010, que seria a futura instalação do Banco Auxiliar S/A. Nessa época, com meus 15 anos de idade, eu trabalhava com o prefeito Lauro Gomes, cujo gabinete ainda era na Rua Marechal Deodoro, 1058, no primeiro andar.

Certo dia, ao final de mais um dia de trabalho, e ao sair do prédio da Prefeitura, Lauro Gomes reparou que o caminhão que prestava serviços na obra estava saindo da propriedade com os pneus cheios de barro e sujando o asfalto da Rua Marechal Deodoro. O caminhão não chegou a andar 200 metros,  mais ou menos em frente à sede do Esporte Clube São Bernardo, Lauro Gomes, com aquele conhecido vozeirão, deu ordem ao seu motorista para fechar o caminhão e fazê-lo parar.

Após isso, Lauro desceu tranquilamente do carro e obrigou o motorista a voltar para a obra em marcha-a-ré e ordenou aos pedreiros e ajudantes para que varressem e lavassem a rua. Isso feito, Lauro Gomes foi mais além. Afirmou ao mestre-de-obra que, caso aquele desrespeito voltasse a ocorrer, ele iria embargar a obra e que “não haveria ninguém nesse mundo que iria fazer com que ele mudasse de ideia.

Cenas como essas se repetiram com certa frequência em suas duas gestões à frente da Prefeitura de São Bernardo e no seu mandato incompleto na Prefeitura de Santo André. Foram cenas iguais a essa que cansei de presenciar. Em tempo: o saudoso Prefeito das Crianças Lauro Gomes nunca teve segurança pessoal.

* Marcelo Sarti é morador de São Bernardo e que trabalhou como mensageiro, então com 15 anos, na primeira administração do prefeito Lauro Gomes

PS – Excepcionalmente nesta semana, a coluna Do Fundo do Baú não foi escrita por Carlos Alberto Coquinho Bazani

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

3 Comentários on "Lauro Gomes de Almeida: um prefeito com aquilo roxo!"

  1. Paulo R. V. Oliva

    Não temos mais homens públicos de verdade.Sou a favor de intervenção militar, pois esse negócio de impeachment é enganação, os mesmos da esquerda vão ao poder.

  2. CliqueABC

    Marcelo, parabéns pelo texto. Tudo bem que os tempos eram outros, mas se tivéssemos mais prefeitos com o espírito de homem público do saudoso Lauro Gomes, com certeza, a vida nas metrópoles seria muito melhor.

  3. Lauro Gomes é uma lenda, São Bernardo deu todas as condições para ele ser o grande prefeito que foi.
    É um vencedor, já era milionário antes de entrar na política e não precisava dela para ser rico.
    É um ícone de São Bernardo do e

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *