Laudo pericial conclui que houve infecção no equipo usado em mutirão de cataratas

579 0

Da Redação – Após investigação minuciosa, solicitada pela Sindicância Interna da Secretaria de Saúde de São Bernardo, o relatório final sobre a infecção, que deixou 18 pacientes cegos e um morto, após a realização de mutirão para cirurgia de catarata, no último dia 30 de janeiro, no Hospital de Clínicas de São Bernardo, concluiu que a infecção foi provocada por má assepia (ou mesmo falta dela) nos equipamentos e aventais usados pela equipe que realizou o procedimento, entre uma cirurgia e outra.

Segundo o documento, elaborado com base na análise do ambiente, medicamentos, equipamentos e materiais utilizados no processo de trabalho dos profissionais, os instrumentos cirúrgicos não foram esterilizados, entre um paciente e outro. Além da falta de esterilização dos instrumentos cirúrgicos, constatou-se também pelas investigações, a ausência de técnicas assépticas pela equipe, como a falta de lavagem das mãos e troca de aventais.

As cirurgias estiveram à cargo da equipe do Instituto de Oftalmologia da Baixada Santista, empresa contratada pela prefeitura desde 2013 e chefiada pelo oftalmologista Paulo Barição. O contrato entre a prefeitura e o instituto encontra-se suspenso desde a abertura do processo investigatório. O inquérito civil instaurado pelo MP (Ministério Público) de São Bernardo e também o inquérito policial aguardavam o laudo final para ter prosseguimento. A expectativa é de que a investigação policial seja concluída em um mês (Cida Alves).

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Laudo pericial conclui que houve infecção no equipo usado em mutirão de cataratas"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *