Jovens em vulnerabilidade social se formam na Fundação Florestan Fernandes

416 0

Alunos do “Programa de Aprendizagem Profissional” cantaram “Imagine”, de John Lennon, em cerimônia de encerramento

Da Redação – Embalando a canção “Imagine”, de John Lennon, dez alunos celebraram a sua formatura do Programa de Aprendizagem Profissional (PAP) nesta quinta-feira (5/11) no auditório da Fundação Florestan Fernandes (FFF). O curso foi oferecido pela instituição em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social de Diadema.

Voltado a jovens cumprindo medidas socioeducativas ou em situação de vulnerabilidade social, o PAP, uma iniciativa do Ministério Público do Trabalho (MPT), é um curso profissionalizante que visa à reinserção social.  Os estudantes, com idades entre 15 e 20 anos, tiveram aulas de Informática Básica, Cidadania, Comunicação, Mundo do Trabalho, Desenvolvimento Pessoal e Saúde e Vida.

Gilian Bruno, diretor-secretário da Fundação Florestan Fernandes, destaca que os alunos que se formaram eram muito comprometidos e foram se abrindo para novas perspectivas. Quando foram apresentados à canção “Imagine”, por exemplo, mostraram resistência, mas aos poucos se apegaram a ela e discutiram questões como a quebra dos preconceitos após conhecerem a tradução da letra – que pede para se imaginar um mundo sem divisões e em que todos vivam em paz.

“Para fazer a transformação de fato, as escolas profissionalizantes não podem se prender ao tecnicismo. Devem trabalhar o desenvolvimento social para depois inserir o conhecimento técnico, preparando a terra para depois lançar as sementes para florescer”, diz Gilian Bruno.

“Ficamos muito felizes em capacitar jovens para que surjam muito mais oportunidades no mercado de trabalho! A parceria da Fundação Florestan Fernandes com o MPT e a Secretaria de Assistência Social do município só trouxe benefícios e resgate de autoestima e dignidade a jovens que se encontram em extrema vulnerabilidade social. Nosso objetivo foi cumprido e, agora, podem concorrer a uma vaga de emprego em pé de igualdade com qualquer outro jovem”, ressalta Margareti Sanches, diretora-presidente da FFF.

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ

Já nesta sexta-feira (6/11), às 18h, também no auditório, 30 alunos participarão da cerimônia de entrega de contratos de trabalho, que marca a entrada deles no Programa Jovem Aprendiz. Nele, os estudantes dividem uma rotina de estudos teóricos na FFF e prática nas empresas onde são aprendizes. 

Para ingressar no programa, é preciso ser aluno do curso Preparação para o Primeiro Emprego (PPE), que é anual e tem processo seletivo realizado em janeiro. Podem participar, exclusivamente, moradores de Diadema, desde que tenham entre 15 e 20 anos de idade e estejam cursando a partir do 9º ano do Ensino Fundamental.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Jovens em vulnerabilidade social se formam na Fundação Florestan Fernandes"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *