Inventores da rede estadual de SP buscam novo recorde na Olimpíada de Robótica

482 0

Da Redação – Nos próximos meses, a rede estadual de São Paulo tem um novo desafio pela frente: bater o recorde na Olimpíada Brasileira de Robótica. A corrida é ainda mais acirrada em São Carlos. No ano passado, das 32 equipes inscritas, 18 eram da região. Além disso, a E.E. Militão de Lima foi a única paulista a chegar na fase final duas vezes seguidas: em 2014 e 2015. As inscrições seguem abertas até o dia 6 de junho.

Podem participar da competição alunos do Ensino Fundamental e Médio com, no máximo, 19 anos. Nas Olimpíadas de Robótica a premiação é dividida em diferentes áreas. Vale a performance do robô, design, melhor escola estreante e a prova prática. O evento tem o objetivo de estimular o interesse pela ciência e tecnologia e premia a participação, desempenho, inovação e até escolas que tenham um grande número de inscritos, pela difusão do interesse científico.

Como deve ser feita a inscrição – O professor responsável pelos alunos da escola precisa se cadastrar no site da competição, criar quantas inscrições forem necessárias (uma para cada aluno ou turma) na OBR e depois gerenciar as inscrições.

“As Olimpíadas do conhecimento são espaços para descobertas científicas e, por consequência, para revelar talentos ainda em formação. Além disso, promover competições como a Feira de Ciências da rede estadual é um ótimo caminho para revelar jovens inventores e futuros talentos da engenharia, ciência e tecnologia”, explica o secretário da Educação, José Renato Nalini.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Inventores da rede estadual de SP buscam novo recorde na Olimpíada de Robótica"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *