Integrantes da Frente de Trabalho de SBC conhecem serviço de coleta seletiva

718 0

Da Redação – Grupo formado por cerca de 200 trabalhadores que integram a Frente de Trabalho da Prefeitura de São Bernardo, bem como funcionários da zeladoria de vários prédios da Administração, conheceram, na manhã desta quinta-feira (3), o sistema de coleta seletiva porta a porta implementado na cidade desde 2013, bem como o programa de limpeza urbana. A palestra foi ministrada pelo secretário de Serviços Urbanos, Tarcisio Secoli, no Teatro Cacilda Becker, no Centro.

Desde que foi implementada, há pouco mais de dois anos, o serviço de coleta seletiva já recolheu mais de 5 mil toneladas de materiais, que foram encaminhados para reciclagem. Por mês, são recolhidas 900 toneladas – entre papel, plástico, vidro, metal e madeira -, ou cerca de 5% de tudo que é descartado pela população. O objetivo da Administração é chegar a 10% até o fim de 2016. O serviço está presente em todos os bairros do município.

No encontro, o público ficou sabendo que podem ser separados para a coleta seletiva porta a porta papéis, papelões, jornais, revistas, cadernos, folhas soltas, caixas e embalagens em geral, incluindo longa vida, garrafas, copos, potes, sacolas, garrafas PET, latinhas de alumínio, latas e outros metais e vidros, que devem estar separados dos outros materiais e embalados de forma segura.

Devem ser separados como lixo comum os restos de comida, cascas de frutas e de legumes, guardanapos e lenços de papel usados, papéis e papelões engordurados, fotografias, fitas crepe e etiquetas adesivas, sujeira das vassouras, de cinzeiros, de animais e chicletes. “A população tem papel fundamental nesse processo. É muito simples: basta separar o lixo seco do molhado em duas sacolas diferentes”, afirma Tarcísio Secoli.

Para Tatiane dos Santos, que trabalha na zeladoria, pequenos gestos podem fazer muito diferença no dia a dia das pessoas. Segundo ela, a palestra esclarece o quanto a mudança de comportamento das pessoas é necessária. “Foi muito importante saber o quanto nós, cidadãos, produzimos de lixo na cidade e o que devemos fazer para o reaproveitamento via reciclagem. É incrível como o simples fato de jogar um copo descartável de plástico na rua pode causar danos por anos”, constata.

Central de Triagem – A Prefeitura também investiu na construção de duas novas centrais de triagem no Bairro Cooperativa. O objetivo é conseguir processar o crescente volume de materiais recicláveis que a cidade recolhe e dar melhores condições de trabalho para os catadores.

A primeira central foi entregue em fevereiro de 2014, com capacidade para processar cerca de 25 toneladas por dia. Já a segunda central foi entregue em dezembro do mesmo ano e tem capacidade para 100 toneladas diárias.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Integrantes da Frente de Trabalho de SBC conhecem serviço de coleta seletiva"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *