História de SBC e da Pinacoteca é retratada em jogos de tabuleiro

118 0

Espaços culturais recebem caixas de vivência do projeto “(Re) descobrindo a Pina”, que, de maneira lúdica, conta a história do equipamento e da cidade

Texto: Ana Carolina Martins – Crédito-foto: Divulgação (PMSBC)

Da Redação – Por meio de atividades educacionais, será possível conhecer a história e o acervo da Pinacoteca de São Bernardo. Isso porque o movimento Ajarani – Ações Culturais entregou nesta terça-feira (8), caixas de vivências do projeto “(Re)descobrindo a Pina: Jogos em Ação Educativa”, para sete espaços culturais do município. O projeto é fruto do edital do ProAC (concurso de apoio a projetos de difusão de acervos museológicos no Estado de São Paulo) e tem como objetivo contar, de maneira lúdica, um pouco da história de São Bernardo aos participantes.

Ao todo, foram desenvolvidos três jogos, que podem ser executados com ou sem a figura do mediador. As atividades são destinadas a crianças a partir de 10 anos até adultos, com duração média de 40 minutos. O tabuleiro traz lugares famosos de São Bernardo, como o Pavilhão e Estúdio Vera Cruz, a Cidade das Crianças o Teatro Elis Regina, a Câmara de Cultura, o antigo Espaço Henfil e a Biblioteca Monteiro Lobato, além dos locais onde a Pinacoteca já foi localizada.

No jogo, os pinos são miniaturas da obra Pássaro (2009), de Orbetelli, que está localizada no Jardim das Esculturas – área externa da Pinacoteca. Por meio de pistas descritas em cartas, o competidor conhece a história da cidade ao longo da partida. Já a brincadeira com carta está relacionada às obras de artes da cidade e seus respectivos artistas. Para vencer, é necessário obter a que tem o maior valor, sendo esta escolhida coletivamente numa etapa anterior, por funcionários e munícipes.

Há ainda o jogo da forca, que traz um quebra-cabeça com a foto da Pinacoteca e, conforme são feitas perguntas sobre os artistas, como Jerônimo e Maria Irene, o mesmo vai sendo desmontado a cada palpite errado. Todas essas brincadeiras serão entregues à Pinacoteca e seis bibliotecas municipais: de Arte Ilva Aceto Maranesi, Monteiro Lobato, Guimarães Rosa, Manuel Bandeira, Érico Veríssimo e Malba Tahan.

De acordo com o secretário de Cultura e Juventude, Adalberto Guazzelli, a intenção é criar, no primeiro semestre de 2020, uma exposição com as obras mencionadas nos jogos. “Esta é a oportunidade de fazer com que mais pessoas conheçam, de forma lúdica e afetiva, a história de São Bernardo e da Pinacoteca, de maneira mais ampla”, disse.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "História de SBC e da Pinacoteca é retratada em jogos de tabuleiro"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *