Hector Assunção e Lucas Dunka vencem a 1ª etapa do Arena Cross

117 0

Equipe Honda Racing sai na frente na briga pelos títulos da temporada 2020; Decisão do campeonato será neste sábado (5/12), em Caraguatatuba

Da Redação – Hector Assunção e Lucas Dunka saíram na frente na briga pelos títulos das categorias Pro e AX2, respectivamente, no Arena Cross 2020. Os pilotos da equipe Honda Racing são os atuais campeões das principais classes e a etapa de abertura foi realizada na noite desta sexta-feira (4/12), em Caraguatatuba. A decisão do campeonato está marcada para este sábado (5/12), no mesmo local, novamente sem a presença do público em função da pandemia de coronavírus.

Com duas corridas por categoria, a abertura do Arena Cross trouxe pegas acirrados. O paulista Hector Assunção teve a consistência como palavra de ordem e, já nos treinos classificatórios da Pro, fez o melhor tempo – garantindo vaga no Duelo 1×1 contra o piloto Fábio Santos. O segundo lugar no desafio trouxe um ponto extra para Assunção.

Na primeira bateria, após holeshot de Humberto Martin, o Machito, da equipe satélite Circuit Honda, Anthony Rodriguez assumiu a ponta e conquistou vitória para a Honda Racing. Ambos os pilotos são venezuelanos e competiram com a motocicleta Honda CRF 450R – assim como Assunção, que confirmou o terceiro lugar na corrida.

Já na segunda bateria, logo no início, enquanto brigava pelas primeiras posições, Anthony Rodriguez sofreu uma queda, voltando em oitavo lugar. Machito passou grande parte da corrida na vice-liderança, atrás do português Paulo Alberto, enquanto Rodriguez ganhava posições a cada volta, até assumir o quarto lugar. Hector Assunção, em terceiro, guardou mais fôlego para o final e foi para o ataque, conseguindo a ultrapassagem sobre Machito nos últimos minutos.

O segundo lugar na bateria foi fundamental para que Hector Assunção começasse a disputa na frente, bem como o ponto extra do Desafio 1×1 somado ao desempenho na bateria inicial. O paulista fechou a primeira etapa com 33 pontos ganhos, o mesmo que o segundo colocado, Anthony Rodriguez. Machito, em terceiro, fez 32 pontos. 

“Todos os pilotos estão de parabéns, a etapa foi muito disputada”, elogia Assunção.  “Foi uma amostra de como será a final amanhã. A pista é difícil de fazer ultrapassagens, por isso uma boa largada será fundamental para conseguir um bom resultado. Competi pensando no campeonato, achei melhor não arriscar em alguns momentos da corrida pelo risco de levar uma queda. Deu certo e na final vou lutar para manter o numeral 1 na minha moto”, afirma o piloto.

Estreante no Arena Cross, Anthony Rodriguez também promete empenho máximo na decisão. “Tudo é novidade para mim. Fiquei em segundo no pódio da etapa, estou aprendendo muito – e gostando bastante dessa oportunidade. Agora vou descansar e dormir bem, porque amanhã vou com tudo para as corridas”, avisa Rodriguez.  A equipe Honda Racing também conta com o equatoriano Jetro Salazar, sexto colocado na soma dos resultados da Pro.

Na AX2, o domínio foi completo do catarinense Lucas Dunka, vencedor das duas corridas da classe com a Honda CRF 250R. “Consegui largar bem e administrar o resultado nas duas baterias. Houve muitas quedas, principalmente nas duas primeiras voltas, então mantive uma distância boa para não cometer erros e poder economizar energia para a grande final”, conclui Dunka. O companheiro de time Leonardo Souza, também de Santa Catarina, foi o terceiro colocado na abertura do Arena Cross.     

A equipe Honda Racing de Motocross é patrocinada por Pro Honda, Circuit, Apinestars, DID, Seguros Honda e Zeta.

Circuit Honda – Além de Machito, terceiro colocado, o piloto Roosevelt Assunção representou a equipe satélite Circuit Honda e fechou a classe Pro na nona colocação. Na AX2, Reginaldo Ribeiro, o Juninho, subiu no pódio da etapa em quinto lugar, enquanto Leonardo Cassarotti foi o décimo colocado da categoria.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Hector Assunção e Lucas Dunka vencem a 1ª etapa do Arena Cross"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *