Guarda Ambiental acaba com extração de palmito em São Bernardo

3178 0

Da Redação – Sob a premissa de árduo trabalho pela fiscalização e preservação do meio ambiente, a Guarda Ambiental de São Bernardo derrubou um esquema ilegal de extração de palmito juçara, que é protegido por estar em extinção. Além disso, a exploração predatória pode trazer inúmeros riscos à saúde, uma vez que não segue as regras corretas de higiene para embalagem.

A ocorrência foi efetuada na noite desta segunda-feira (18/06), no pós-Balsa, às margens da Represa Billings, em uma área indígena, da tribo Tenondé Porã. No momento da ocorrência foram apreendidas 95 toras do produto. Depois de uma denúncia anônima, os guardas ambientais passaram a apurar a região citada e encontraram cortes ilegais do palmito. No local, que funcionava como depósito dos palmitos recolhidos, foi estimado um estoque de aproximadamente 500 pedaços do item.

Por se tratar de uma área indígena, o crime foi registrado na superintendência da Polícia Federal, em São Paulo. Um individuo foi preso, mas liberado, mediante o pagamento de fiança. Ele vai responder processo por crime ambiental, por ter danificado vegetação. Outros dois homens estão sendo procurados por participarem do esquema.

Os guardas ambientais responsáveis pela ocorrência foram Carlos Evandro Pavaneli de Souza , Ricardo de Campos Jueli e João Ramos, que adentraram área de mata no encalço dos indivíduos, após longa incursão na mata. A equipe deparou-se com uma enorme devastação de palmitos juçara, onde a equipe obteve êxito em localizar dois dos indivíduos que ao verem a equipe empreenderam fuga mata adentro.

“Provavelmente este grupo atuou por três dias, conforme a denúncia chegou para nós. No local, se confrontamos com uma intervenção grande, com cerca de 500 toras de palmito”, detalhou o guarda ambiental Ricardo Campos Jueli.

TRABALHO AUSTERO – A Prefeitura de São Bernardo tem atuado de maneira intensiva na fiscalização e preservação da área ambiental, localizado na região do pós-Balsa. “Não vamos nos omitir diante de um desafio tão importante quanto a preservação do meio ambiente. Vamos aos poucos avançando e impedindo estas infrações”, destacou o prefeito Orlando Morando, referindo-se às inúmeras ações elaboradas para toda a região de proteção, como o impedimento de construções ilegais e aumento na fiscalização de crimes ambientais.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Guarda Ambiental acaba com extração de palmito em São Bernardo"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *