Governo de São Paulo anuncia escritório comercial em Dubai

120 0

Inauguração será em fevereiro de 2020, e a unidade de Xangai, na China, será aberta em agosto de 2019

Da Redação – O Governador João Doria e o Secretário de Relações Internacionais, Julio Serson, anunciaram nesta sexta-feira (24), no Palácio dos Bandeirantes, o cronograma de implantação do escritório comercial de São Paulo em Dubai.

Será o segundo escritório internacional a ser aberto e entrará em funcionamento a partir de fevereiro de 2020, seis meses após a abertura da unidade em Xangai, com inauguração marcada para 9 de agosto, durante viagem para a China.

“O Oriente Médio, assim como a China, vem crescendo muito em relação ao movimento de importação de produtos brasileiros e, particularmente, no caso de São Paulo. No movimento bilateral, as exportações para os Emirados Árabes, em 2018, foram no valor de US$ 2,034 bilhões e São Paulo representou 30%, com US$ 603 milhões. O comércio bilateral como um todo foi de US$ 2,596 bilhões, sendo que São Paulo representou US$ 864 milhões, ou seja, 33%”, disse o governador.

Essa será uma parceria promissora para estreitar a relação comercial com os Emirados Árabes Unidos. Doria apresentou a novidade na manhã de quinta-feira (23), após reunião com Sultão Ahmed Bin Sulayem, CEO da DP World e Presidente da Cooperação de Portos, Aduanas e Zonas Francas de Dubai, e o Cônsul Geral dos Emirados Árabes em São Paulo, Ibrahim Salem Humaid Ali Alalawi.

“Os Emirados Árabes Unidos sabem a importância de São Paulo para o nosso país. Nossas grandes empresas já têm escritórios aqui em São Paulo, o que mostra a importância do Estado, como bancos, a Emirates, o escritório da Câmara de Comércio de Dubai e Agência de Exportações de Dubai, além de outras importantes empresas.”, comentou o Consul Geral dos Emirados Árabes em São Paulo, Ibrahim Salem Alalawi.

“Em 2018, houve um comercio entre os dois países no valor de U$ 2 bilhões. Em quatro meses desse ano já temos U$ 1 bilhão em comércio, o que me faz ser otimista e que vamos melhorar bem esse ano. E esse escritório, sem dúvida nenhuma, vai criar oportunidade para que mais empresas dos Emirados Árabes Unidos possam investir em São Paulo”, declarou Salem.

Assim como o escritório em Xangai, todos os custos para a abertura em Dubai ficarão por conta do Governo dos Emirados Árabes Unidos e empresas parceiras. “Temos absoluta convicção do sucesso dessa iniciativa, queremos que São Paulo seja do mundo, como é da vocação do Estado, que crie oportunidades, sempre tendo em vista a geração de emprego e de renda”, afirmou Serson.

Acordos São Paulo e Emirados Árabes

O Governo de São Paulo e os Emirados Árabes têm assinados dois acordos de cooperação, ambos de 2016 (abril e novembro), do setor de investimentos.  O primeiro estabelece ações da Dubai Investment Development Agency com o governo paulista para a promoção de investimentos e ações de incentivo às relações econômicas das partes.

O acordo de novembro foi assinado em parceria com a Jafza – Jebel Ali Free Zone. Por meio dele, pequenas e médias empresas paulistas podem utilizar escritórios na Zona Franca de Dubai, para exportar seus produtos para os países do Oriente Médio, Norte da África e Ásia.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Governo de São Paulo anuncia escritório comercial em Dubai"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *