Geração de empregos é maior contribuição do Polo Petroquímico ao Grande ABC

136 0

 

Escute a todos, mas não aprove senão a uns poucos…

Shakespeare

Geração de empregos é maior contribuição do Polo Petroquímico ao Grande ABC

Pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha com mais de 850 moradores dos municípios de Santo André e Mauá mostra que a geração de empregos pelo Polo Petroquímico é a principal contribuição positiva para a região. O material encomendado pela Braskem, maior produtora de resinas termoplásticas das Américas, teve como objetivo entender a percepção da população local sobre a operação das petroquímicas no ABC. O levantamento apurou junto aos moradores questões como a importância do Polo para o desenvolvimento socioeconômico da região e o grau de conhecimento dos moradores sobre as empresas lá instaladas e suas atividades. Cerca de sete em cada dez entrevistados consideram o Polo importante para o desenvolvimento das duas cidades. Quando perguntados sobre a Braskem, 84% das pessoas disseram que a companhia é inovadora, 88% que oferece oportunidade de emprego e renda e 75% afirmam que a empresa opera sua produção com segurança, por isso acreditam que a presença da Braskem no Polo Petroquímico é positiva. A pesquisa foi feita no início deste ano, com habitantes a partir de 16 anos, de todos os níveis econômicos. Para seleção dos entrevistados, foi feita uma distribuição por bairros considerados como entorno do Polo Petroquímico e restante dos municípios. Em Santo André foram contemplados Parque Capuava, Jardim Ana Maria, Jardim Itapoan, Jardim Santo Alberto e Parque Novo Oratório. Em Mauá, Jardim Sônia Maria e Jardim Silvia Maria, além de moradores do restante dos municípios e que não vivem na região próxima ao Polo. Atualmente, as cerca de 15 empresas presentes no Polo empregam 10 mil pessoas direta e indiretamente. O setor químico e petroquímico é um dos principais pilares do desenvolvimento da região e engloba uma extensa cadeia produtiva formada por mais de 1.300 empresas no Grande ABC, que faturam aproximadamente R$ 50 bilhões por ano e geram um valor adicionado fiscal para os sete municípios locais* de R$ 10 bilhões/ano. A região do Grande ABC, formada por São Bernardo, Santo André, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra, possui uma população de 2,5 milhões de habitantes e representa o 5º maior mercado de consumo do País, atrás apenas dos municípios de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Belo Horizonte. A Braskem é a maior produtora de resinas termoplásticas das Américas, com volume anual superior a 20 milhões de toneladas, incluindo a produção de outros produtos químicos e petroquímicos básicos, e com faturamento anual de R$ 55 bilhões. Com o propósito de melhorar a vida das pessoas, criando as soluções sustentáveis da química e do plástico, a Braskem exporta para Clientes em aproximadamente 100 países, conta com cerca de 8 mil integrantes e opera 41 unidades industriais, localizadas no Brasil, EUA, Alemanha e México, esta última em parceria com a mexicana Idesa.

Frase:

O Polo Petroquímico do Grande ABC é um dos principais motores da economia local e o resultado desta pesquisa mostra que as empresas contribuem e podem continuar contribuindo para o desenvolvimento da região em muitos aspectos. O mais evidente deles é a geração de empregos mas há, ainda, o significativo apoio para iniciativas de melhorias sociais e ambientais

Flávio Chantre, gerente de Relações Institucionais da Braskem, ao comentar pesquisa DataFolha que aponta a geração de empregos como a maior contribuição da empresa para com o Grande ABC

Frase:

Não é justo a cidade fazer esforço para habitação social e ver o uso dela sendo distorcido, enquanto aqueles que realmente precisam não têm acesso ao que é produzido. O que fizemos é dar justiça para essas pessoas e cumprimos as decisões judiciais. A agilidade que fizemos foi para privilegiar os que mais precisam e fomos justos

Paulo Serra, prefeito de Santo André, ao afirmar que a entrega das chaves recupera a dignidade das famílias que estavam na fila

Santo André entrega chaves de apartamentos a famílias que estavam no aluguel social

A Prefeitura de Santo André, por meio da Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária, entregou as chaves de moradias para oito famílias que se encontravam em aluguel social. Os locais, que pertencem à Emhap (Empresa Municipal de Habitação Popular de Santo André), estavam sendo utilizadas de forma irregular por outras famílias, que haviam colocado os apartamentos para aluguel, desvirtuando a finalidade destes imóveis. Até então, existiam 55 imóveis identificados nestas condições na gestão anterior, mas que estavam com os processos parados. Na atual administração, os processos foram retomados e a Prefeitura já fez a reintegração de 14 locais, sendo três lotes e 11 apartamentos. Os espaços então foram destinados às famílias que estão há mais tempo na fila do aluguel social. Na cerimônia, apenas oito chaves foram entregues pelo fato das outras seis estarem com pendência na entrega de documentação. Em caso de sucesso nos 55 processos, a Prefeitura poderá economizar cerca de R$ 300 mil por ano em aluguel social. Segundo o prefeito de Santo André, Paulo Serra, a entrega das chaves recupera a dignidade das famílias que estavam na fila. Os imóveis construídos pela Emhap ou pela Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária têm a finalidade estritamente social, com a obrigação de fornecer casa própria aos munícipes que se encontram em situação precária de moradia, reduzindo o déficit habitacional da cidade.


VAPT-VUPT

AGOSTO VIOLETA 1

  • Durante o mês de agosto, o Parlamento paulista será iluminado na cor violeta, em apoio ao movimento Agosto Violeta, que pretende promover o perdão e a paz. Várias cidades do Brasil terão os principais monumentos, prédios públicos e viadutos iluminados na cor da campanha para chamar a atenção da sociedade e incentivar o combate à violência e estimular a Cultura da Paz. A cor violeta representa a transformação, a purificação e a cura física, emocional e mental. O movimento surgiu como complemento ao Dia Nacional do Perdão, comemorado em 30 de agosto.

AGOSTO VIOLETA 2

  • A lei que institui a data, sancionada em 19/4 deste ano pelo presidente Michel Temer, foi uma iniciativa da deputada Keiko Ota (PSB/SP). A parlamentar propôs a medida por conta do sequestro e assassinato do seu filho, Ives Ota, aos 8 anos de idade, em 30/8/1997. Keiko e Masataka Ota, seu marido, fundaram também o Movimento Paz e Justiça Ives Ota.

PEN ABRE NOVA SEDE EM SÃO PAULO 1

  • O PEN inaugurou recentemente a sua nova sede administrativa estadual e municipal de São Paulo, na Avenida Indianópolis, 1853. O anfitrião e presidente nacional da legenda, Adilson Barroso, reuniu várias lideranças políticas da região e reforçou em discurso a importância da união de todos os municípios para fortalecer o partido no Estado, reiterando o seu compromisso ético e moral com a população. O presidente municipal, Gilberto Costa, e o secretário-geral, Adauto Reggiani, marcaram presença no evento como representantes do PEN de São Caetano do Sul. Durante a sua fala, Gilberto Costa, enfatizou que naquele momento estava inaugurando a sede do PEN no intuito de oferecer à população um local específico para apresentar sugestões, disseminar ideias e discutir propostas, sendo um foro democrático e aberto ao livre debate.

PEN ABRE NOVA SEDE EM SÃO PAULO 2

  • Para os presidentes estadual, o deputado Paulo Corrêa Jr, e macrorregional da Grande São Paulo DDD11, Marquinho Souza, a inauguração do espaço marca um momento importante de enraizamento do PEN em São Paulo. Além de dirigentes municipais e regionais, pré-candidatos nas eleições de 2018, filiados e convidados, a solenidade contou com a presença de Marquinhos das Pegadinhas da Rede TV. Com a abertura da sede, mais um ciclo da organização partidária é iniciado para promover a renovação e traçar metas para um futuro melhor para São Paulo, visando as próximas eleições.

Orlando Morando discute a fábrica da Saab em São Bernardo

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, deu mais um importante passo na discussão em torno do projeto sobre a fábrica da Saab, empresa sueca, que pode fabricar suprimentos dos aviões-caça Gripen NG no município. Em agenda oficial em Brasília, Morando se reuniu com o ministro da Defesa, Raul Jungmann, e com o secretário de Produtos de Defesa do Ministério da Defesa, Flávio Augusto Corrêa Basilio, além de representantes das Forças Armadas, para debater a situação em torno do projeto. “Saio com uma boa expectativa quanto à situação da possível instalação. Se concretizada, será um grande impacto positivo para nossa cidade e País, em termos de geração de emprego e aquecimento da economia”, comentou o prefeito de São Bernardo. No encontro, ficou estabelecido um avanço entre as partes envolvidas. O ministro da Defesa se prontificou a apurar os detalhamentos do contrato entre a União e a Saab, no que compete à compra dos aviões-caça e pautar uma reunião sobre os futuros desdobramentos. “O ministro Jungmann foi incisivo em nos afirmar que vai averiguar todos os itens do vínculo do Governo Federal com a empresa sueca. Há uma prerrogativa que a Saab escolha o local para instalação de uma fábrica para produção dos componentes. Com esta ação hoje avançamos para dar total transparência ao que envolve esta possibilidade”, complementou. O projeto faz parte de um acordo entre a Saab e o governo brasileiro para a venda de caças, em um negócio estimado em US$ 5,4 bilhões. A definição do local deve acontecer no final deste ano ou início de 2018. Os aviões-caça Gripen NG substituirão a frota de 36 aeronaves da FAB (Força Aérea Brasileira) entre os anos de 2019 e 2024. A possibilidade da chegada de uma fábrica para São Bernardo para a confecção de componentes dos aviões chegou a ser discutida em anos anteriores, mas sem efetividade, o que levou o prefeito Orlando Morando a fazer uma reunião com representantes da empresa sueca em seu gabinete, no último dia 12.

Total 1 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Geração de empregos é maior contribuição do Polo Petroquímico ao Grande ABC"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *