GCM de Diadema e PM reforçam lockdown e impedem pancadão

49 0

Texto: Marcos Luiz – Crédito-foto: Dino Santos (PMD)

Da Redação – Na primeira noite de lockdown, ocorrida neste sábado, 27/2, a Prefeitura de Diadema, por meio da GCM e Polícia Militar, priorizou a prevenção de aglomerações como pancadões. Mas também atuou com a Polícia Civil na fiscalização de bares e outros estabelecimentos comerciais que não respeitaram o Decreto Municipal 7.885, recém publicado.

Nova Operação Paz e Proteção evitou a formação de pancadão e reforçou a segurança pública dos bairros. Desta vez, equipes da Guarda Civil de Diadema (GCM) e da Polícia Militar trabalharam nas imediações da rua Santa Cruz, região do Jardim Canhema e, preventivamente, impediram a realização do pancadão ‘baile da torre’, um dos maiores da cidade.

Nessa Operação Paz e Proteção, no Canhema, estiveram envolvidos 38 GCMs e 18 viaturas. Do início da noite até a madrugada, foram vistoriados 18 motocicletas e 15 automóveis; emitidos 53 autos de infração de trânsito; apreendidos um veículo (por som alto) e duas motocicletas; e abordadas 66 pessoas.

Durante a operação, os GCMs também orientaram 12 bares e 18 residências por aglomerações, som alto, horário irregular e outras atividades proibidas pelo decreto do lockdown. Vale ressaltar, que em caso de reincidência os guardas municipais, que agora têm poder de polícia administrativa, podem emitir advertências, notificações, multas e até fechamento e lacração, quando se trata de estabelecimento comercial.

Desde o começo do ano, quando foi criada, a Operação Paz e Proteção já atuou em outros pancadões da cidade como o Morro do Samba, no Serraria; Núcleo Habitacional 18 de Agosto, no Jardim Campanário; Núcleo Gazuza, no Jardim Casa Grande; rua Itália, no Jardim das Nações. A partir da avaliação de cada intervenção, as operações seguintes ocorrem com mais inteligência, planejamento e estratégia, visando sempre garantir à população mais tranquilidade e segurança pública e, por conseguinte, desestimular a realização dessas festas clandestinas.

Já em outros locais da cidade, a fiscalização da GCM também contou com apoio da Polícia Civil e priorizou bares e outros estabelecimentos comerciais que funcionavam em desacordo com o Decreto Municipal 7.885/2021 que proibe, até domingo, 7/3, o atendimento entre 21h e 5h.

A fiscalização do lockdown noturno continua até domingo, 7/3. Para garantir o respeito às medidas, a cidade foi dividida em quatro partes, sendo uma a cargo da PM, outra da Polícia Civil e as outras duas com a GCM e outros órgãos da Prefeitura de Diadema.

De acordo com o secretário municipal de Defesa Social, Benedito Mariano, nos próximos dias todo o efetivo da GCM estará empenhado para que as regras do lockdown sejam respeitadas. “Nosso objetivo é contribuir para efetivamente reduzir os números da pandemia no município, principalmente, o aumento de casos e mortes. Para isso, já formalizamos parceria de fiscalização com as polícias civil e militar”, explicou o secretário.

De acordo com o Comando de Operações da GCM, o trabalho conjunto de fiscalização de estabelecimentos comerciais e prevenção de pancadões, envolvendo a PM e a Polícia Civil, continua hoje, 28/2.

Destacamos que estão liberados os serviços de delivery, desde que os estabelecimentos permaneçam fechados ao público. Também podem trabalhar normalmente o transporte individual de passageiros como táxis e aplicativos.

Para denúncias relativas ao lockdown, basta ligar para a GCM (153), PM (190) ou Polícia Civil (181).

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "GCM de Diadema e PM reforçam lockdown e impedem pancadão"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *