Futebol de Garrafão

1607 1

* Carlos Alberto Bazani – O texto desta segunda edição da coluna Do Fundo do Baú nos remete aos idos de dezembro de 1979. No Parque Regional do Pedroso, em Santo André, aconteceu um jogo amistoso de futebol entre as equipes da Câmara Municipal de Santo André e da Câmara de Cotia.

Após o final da partida, um justo empate por dois gols, foi realizado um churrasco de confraternização entre os integrantes das duas equipes, autoridades e centenas de convidados.

O detalhe curioso do evento ficou por conta de um garrafão de 5 litros com aguardente purinha, da boa mesmo, colocado estrategicamente atrás do gol do time da casa, defendido brilhantemente por Timóteo Moya Sanches, na época secretário de Serviços Urbanos e vice-prefeito da da cidade.

Devido ao intenso calor e o esforço físico dos atletas, o precioso líquido foi consumido rapidamente pelos atletas e comissão técnica das duas equipes, além dos integrantes da arbitragem.

A partir desta histórica partida, que foi batizada como ‘Futebol de Garrafão’, foram realizados inúmeros outros jogos, para que os abnegados atletas não perdessem a excelente forma física.

IMG-20150917-WA0026Foto de Arquivo: Confira a formação do time da Câmara de Santo André. Em pé: Ademir Scarpelli, Freitas, Bastos, Vanderlei Soares, o Lelo, Timóteo Moya Sanches, Antenor Biolcatti, Nelson Mazzucatto, e Valdir Zuppardo. Agachados: Carlos Alberto Bazani (Coquinho), Valdemar Soares, Antonio Maria, o Neto, Paulo Ferreira da Silva, Adelmo Campanholo, Fernandinho, Ismar, e o mascote Timóteo Júnior (Teteo)

Total 5 Votes
1

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

1 comentário on "Futebol de Garrafão"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *