Fundo Social de Solidariedade de Diadema forma 52 novos profissionais

1180 0

Da Redação – Nesta sexta-feira, 15/12, o Fundo Social de Solidariedade de Diadema formou 52 novos profissionais nos cursos de Depilação e Design de Sobrancelha, Assistente de Cabelereiro, Bordado em Pedraria e Padaria Artesanal. Durante os quatro anos do projeto, o FSS já formou mais de 2.000 pessoas gratuitamente nas áreas de Beleza, Construção Civil, Moda e Culinária e também foram realizadas duas turmas do curso de meditação e autoconhecimento para 52 moradores da cidade.

“O Governo do Estado abriu uma porta para o Fundo Social e, por meio desta parceria, expandimos nosso trabalho. O convênio inicial foi essencial, mas, mesmo depois do seu encerramento, demos continuidade através das ações como os bazares, o jantar, o natal iluminado e parcerias com empresas, com a população e com os funcionários, oferecendo para os munícipes uma oportunidade de renda extra e ajudar a família”, afirma a presidente do Fundo Social, Caroline Rocha.

O FSS ainda realiza ações e projetos como o Diademais Saúde, que oferece terapias complementares gratuitas. A renda para manter as ações é resultado de bazares e jantares beneficentes. A partir do próximo ano, o FSS voltará a contar com a parceria do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (FUSSESP) para novos cursos. A representante do FUSSESP, Tina Resende, explica a importância da parceria entre estado e município e como isso é essencial para desenvolver um trabalho de qualidade. “Ninguém é grande sozinho e é muito bom ver todos trabalhando pelo mesmo ideal. O resultado esta aí, com a mudança na vida de vocês (alunos). Isso é oportunidade”, declara.

Mercado de Trabalho – Os alunos formados agora se encontram no mercado de trabalho, em empresas, trabalhando por conta própria e até dando aula. Ivonete Elesbão, 37 anos, formou-se no mês de outubro como assistente de cabelereiro. Ela conta que antes fazia bicos de manicure e, desde que se formou, pensa em montar seu próprio negócio. “Depois do curso do Fundo Social tenho trabalhado apenas com cabelos. Por enquanto, faço tudo em casa e sozinha, mas pretendo abrir o meu próprio salão”, conta Ivonete, que hoje fatura mais de um salário mínimo com os extras.

Assim como Ivonete, a atual professora do curso de Maquiagem, Melina Fernandes, foi aluna do Fundo e se formou em agosto de 2017. Por conta de seu destaque, Melina foi convidada para fazer uma qualificação em SP e hoje ministra aulas no Fundo Social. “Não esperava ser professora mas, quando surgiu a oportunidade, fiquei muito feliz. Essa é a minha primeira turma e foi muito gratificante poder passar meu conhecimento para outras pessoas”, relata.

A aluna Rosimar da Silva está desempregada, mas vê na certificação de depiladora uma nova oportunidade. “O curso atendeu as minhas expectativas. Meu objetivo maior agora é trabalhar em salão. É muito legal essa iniciativa do Fundo para o curso gratuito, porque os cursos da área de beleza são caros”, comenta.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Fundo Social de Solidariedade de Diadema forma 52 novos profissionais"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *