Fundo Social de SCS forma 300 alunos e encaminha oportunidades

61 0

Da Redação – Engana-se quem pensa que o objetivo do Fundo Social de Solidariedade seja apenas a distribuição de alimentos e roupas. Em São Caetano do Sul, a entidade trabalha também com objetivo de qualificar e capacitar pessoas para suprir demandas exigidas pelo mercado de trabalho.

Nesta semana, o Fundo Social realizou cerimônia de formatura de cerca de 300 alunos de mais de 20 cursos de artes, estética e gastronomia. O evento ocorreu na noite de quinta-feira (03/08), num Teatro Santos Dumont lotado de formandos, familiares e amigos. Participaram o prefeito José Auricchio Júnior, a primeira-dama e presidente do Fundo Social, Denise Auricchio, e sua vice Flavia Vidoski, esposa do vice-prefeito Beto Vidoski.

Entre os cursos oferecidos aos formandos estavam o de encadernação, panificação, restauração de móveis e texturização de paredes, manicure, comidas orientais, cartonagem, bolos e doces, artesanato de natal, mosaico e de barista. “Fico feliz por essa conquista de vocês (formandos). Com o certificado em mãos, tenho certeza de que terão melhores condições de conseguir um novo emprego”, disse Denise Auricchio.

OPORTUNIDADE – Mateus Cavicchiolli, 18 anos, morador do Bairro Santa Paula, tem uma história que exemplifica a importância desses cursos. Ele se formou como de barista, nas aulas da professora Sônia Fernandes, e sua intenção foi a de se qualificar profissionalmente para encarar um desafio fora do país.

“Surgiu uma oportunidade de viajar para Sidney (Austrália), mas não queria ir apenas como turista. Meu intuito é arrumar um emprego lá e, para isso, é necessário ter qualificação profissional, e resolvi fazer o curso do Fundo Social”, explica Cavicchiolli.

MEI – Ao encontro à situação do barista Mateus Cavicchiolli, o prefeito José Auricchio Júnior anunciou uma novidade em seu discurso aos formandos. “Gostaria de deixar como sugestão para vocês que, agora terão uma qualificação maior e melhor. Façam adesão ao programa Microempreendedor Individual, o MEI, pois é uma forma de estarem legalizados no mercado formal de trabalho. É só procurarem a Sedert (Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Relações do Trabalho, no Atende Fácil, na Rua Major Carlo Del Prete, 651)”, disse o prefeito Auricchio.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Fundo Social de SCS forma 300 alunos e encaminha oportunidades"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *