França bicampeã. E eu com isso?

1769 0

* Márcio Trevisan – Assim que o argentino Néstor Pitana apitou o fim desta Copa, o mundo inteiro comprovou aquilo que já se sabia há um bom tempo: a França montara uma ótima equipe e confirmava o favoritismo que lhe impuseram quase todos os especialistas em futebol. Ou seja: sem muitos sustos e com todos os méritos, os franceses chegaram ao bicampeonato mundial de forma inquestionável.

Só que eu sou brasileiro e, mesmo aplaudindo Lloris, Umtiti, Kanté, Pogba, Griezmann, Mbappé, Didier Deschamps e todos os demais campeões, preocupo-me mesmo é com a Seleção Brasileira. É ela que me interessa e será por ela, com sinceridade mas sem pachequismo, que torcerei em 2022. Por isso, desde já acredito ser essencial a renovação no grupo que disputará a Copa América do ano que vem, que servirá de base para as Eliminatórias.

Partindo, pois, da lista dos jogadores que foram (ou iriam) à Rússia, veremos que vários deles já estarão em idade avançada para a disputa de um Mundial e, portanto, terão obrigatoriamente de ser substituídos. Vejamos, desta forma, a lista dos que certamente nem deverão ser mais chamados pelo técnico da Seleção Brasileira, seja ele Tite ou o seu substituto, e aqueles que ainda poderão disputar a Copa do Mundo do Catar.

Alisson – Terá 29 anos e mais experiência. Só não se sabe se terá, também, mais talento para ser um goleiro de Copa do Mundo.

Daniel Alves – Terá 39 anos e provavelmente já terá até mesmo se aposentado do futebol.

Thiago Silva – Terá 37 anos. Está fora, com toda a certeza.

Miranda – Outro que terá 37 anos e não irá ao Catar.

Pedro Geromel – Terá 36 anos e certamente também não estará na lista final.

Casemiro – Terá 30 anos e ainda poderá ganhar uma nova chance, pois é volante de marcação.

Filipe Luís – Terá 36 anos, idade avançada demais para um lateral. Está fora.

Douglas Costa – Terá 31 anos e bem menos velocidade do que tem hoje. Poucas chances.

Renato Augusto – Terá 34 anos. Como seu histórico de lesões é grande, certamente ficará de fora.

Gabriel Jesus – Terá 25 anos e idade ideal para a disputa de uma Copa do Mundo. Ótimas chances.

Neymar – Terá 30 anos. Como é craque, certamente terá no Catar sua última oportunidade de ganhar uma Copa do Mundo.

Philippe Coutinho – Terá 29 anos e, como é bom de bola, é nome quase certo em mais um Mundial.

Marcelo – Terá 34 anos e será velho demais para um lateral. Chance zero.

Marquinhos – Terá 28 anos. É bom e tem ótimas chances de integrar o grupo.

Danilo – Terá 31 anos. Como já não é veloz agora, muito menos o será daqui a quatro anos. Fora.

Paulinho – Terá 34 anos. Já fracassou em duas Copas e não terá a chance de fracassar de novo.

Cássio – Terá 35 anos. Por ser um ótimo goleiro, tem boas chances de ser, até, o dono da camisa 1.

Fernandinho – Terá 37 anos. Mas mesmo que tivesse 22 não iria.

Fred – Terá 29 anos. Só não se sabe se terá, de novo, um técnico amigão que o leve para o Mundial.

Willian – Terá 34 anos. Para ser convocado de novo, precisará jogar muita bola.

Roberto Firmino – Terá 30 anos e, com certeza, um sotaque inglês ainda maior. Não tem chances.

Taison – Terá 34 anos. Não jogou nesta Copa e, com toda a certeza, muito menos jogará a próxima.

Fágner – Terá 32 anos. Para um lateral, idade demais. Fora.

Éderson – Terá 28 anos. E também mais quatro anos para os brasileiros saberem quem, afinal, é ele.

 

 

Curtinhas

 

Já começou – Quase ninguém percebeu, mas a Série B do Brasileirão não esperou pelo fim da Copa do Mundo para retomar suas partidas. Assim, já foram cumpridas 15 rodadas, e a classificação atual aponta Fortaleza/CE, CSA/AL, Vila Nova/GO e Avaí/SC nas quatro primeiras colocações. Os paulistas Ponte Preta, Guarani, Oeste e São Bento ocupam, respectivamente, o 6º, o 7º, o 11º e o 16º lugares.

 

Bota já. Braga quase. – Na Série C, que também antecipou o retorno de seus jogos, os dois clubes paulistas cumprem ótimas campanhas. O Botafogo de Ribeirão Preto/SP, por sinal, já tem vaga assegurada à próxima etapa da competição, enquanto o Bragantino precisa de apenas de um empate nos três últimos jogos da Primeira Fase para também garantir sua permanência no torneio.

 

Foi um e voltou outro – Neymar chegou à Rússia com status de um dos melhores jogadores do mundo, algo que de fato o é já há algum tempo. Mas após atuações no máximo razoáveis e as inúmeras críticas que recebeu devido ao seu famoso “cai-cai”, deixou a Copa do Mundo com prestígio bem mais baixo do que poderia imaginar. Para piorar, ainda viu o francês Mbappé ser apontado como possível candidato a melhor jogador do mundo nesta temporada.

 

É hoje! – A Copa do Brasil define nesta segunda-feira, 16, seus dois últimos classificado às quartas-de-final. Vasco da Gama/RJ e Bahia/BA jogarão em São Januário, e a missão carioca é dificílima: como perdeu o primeiro jogo por 3 a 0, o time comandando por Jorginho precisa de uma vitória por pelo menos quatro gols de diferença para ficar com a vaga. Quem passar enfrentará o Palmeiras no dia 02.08, em casa, e em 16.08, na Arena Palestra Itália. A outra partida reúne Cruzeiro/MG e Atlético/PR, no Mineirão, e a equipe de BH joga pelo empate, pois ganhou em Curitiba/PR por 2 a 1. O vencedor deste confronto terá pela frente o Santos nos dia 01.08, na Vila Belmiro, e 15.08, em sua casa.

 

* Márcio Trevisan é jornalista esportivo há 29 anos. Começou no extinto jornal A Gazeta Esportiva, onde esteve por 12 anos. Passou, também, pelas assessorias de Imprensa da SE Palmeiras e do SAFESP, além de outros órgãos. Há 11 anos iniciou suas atividades como Apresentador, Mestre de Cerimônias e Celebrante, tendo mais de 390 eventos em seu currículo. Hoje, mantém os sites www.senhorpalmeiras.com.br e www.marciotrevisan.com.br. Contato com o colunista pelo e-mail trevisan.marcio1968@uol.com.br

Total 1 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "França bicampeã. E eu com isso?"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *