Fórmula E: em corrida difícil, Di Grassi avança no campeonato

244 0

Depois de largar atrás, brasileiro reduz para 7 pontos diferença para o líder

Da Redação – Sete corridas com poles e vencedores diferentes. Essas poucas palavras resumem a temporada sensacional vivida pelo Campeonato Mundial de Fórmula E, que neste sábado (13) realizou em Roma mais uma etapa – ingressando também na segunda metade do torneio composto por 13 provas.

O tempero especial apareceu já nas tomadas de tempo, poucas horas antes da largada, quando uma rápida chuva antes do grupo dos pilotos mais rápidos relegou vários dos principais nomes do campeonato a posições mais na parte de trás do grid. Um deles foi o brasileiro Lucas Di Grassi, que devido a esse fato obteve o 15º lugar no grid, mas largou em 13º após a penalização de dois concorrentes.

A pista técnica também dificultava as ultrapassagens – a ponto de os pilotos que optassem pela potência extra do “modo ataque” obterem um baixo índice de sucesso. “Tudo isso junto, e o fato de a chuva ter atrapalhado a minha classificação para o grid, fez dessa prova uma das mais tensas da minha carreira na F-E”, conta Di Grassi.

“Quando vi de onde iria largar, meu foco passou a ser 100% pontuar o mais possível, já que a vitória ou pódio eram objetivos muito distantes, falando realisticamente. Felizmente deu tudo certo e agora saio de Roma na quinta posição e apenas sete pontos atrás do primeiro colocado. Essa diferença, no contexto do atual campeonato, é praticamente um empate técnico, como o pessoal costuma dizer. Tudo pode acontecer este ano neste campeonato, como estamos vendo a cada corrida que disputamos. Em Paris tem mais”, resumiu o piloto da equipe Audi Sport Abt Schaeffler, referindo-se à próxima etapa do Mundial, dia 27 de abril, nas ruas da capital francesa.

A vitória em Roma coube ao neozelandês Mitch Evans (Panasonic Jaguar), que tornou-se o sétimo vencedor diferente na temporada. Os demais são: Lucas Di Grassi (Audi), Jérôme D’Ambrosio (Bélgica, equipe Mahindra), António Félix da Costa (Portugal, BMW Andretti), Sam Bird (Inglaterra, Envision Virgin), Edoardo Mortara (Suíça, Venturi) e Jean-Eric Vergne (França, Techeetah).

Com o resultado deste sábado, D’Ambrosio reassume a liderança do torneio, com 65 pontos. Confira os primeiros colocados: 2) António Félix da Costa (Portugal), 64 pontos; 3) André Lotterer (Alemanha), 62; 4) Mitch Evans (Nova Zelândia), 61; 5) Lucas Di Grassi (Brasil), 58; 6) Jean-Eric Vergne (França) e Robin Frijns (Holanda), 55.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Fórmula E: em corrida difícil, Di Grassi avança no campeonato"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *