Filho de líder de seita religiosa internacional Mita Congregation publica livro expondo crimes cometidos por seu pai e a religião

684 0

Da Redação – Samuel Beniquez, (que possui mais de 300.000 seguidores no Twitter), filho biológico do homem conhecido em todo o mundo como Teófilo “Aaron” Vargas Sein, líder mundial da seita religiosa Mita Congregation, publicou um livro intitulado El Niño Versus La Bestia [A Criança versus a Besta], que já pode ser adquirido na Amazon.com.

Antes de iniciar sua conferência à imprensa, a primeira coisa que ele disse foi: “Antes de continuar, quero agradecer ao Ser Supremo, o Todo-poderoso, que evitou que o caminho difícil me destruísse e que a terra me engolisse.”

O livro, conforme Samuel Beniquez explicou em uma conferência à imprensa transmitida ao vivo por streaming (via Facebook e Periscope), reconta toda sua vida, desde quando ele estava no útero de sua mãe até os dias de hoje revelando, sem reservas, “o abuso institucional, psicológico, emocional e até mesmo sexual que ele sofreu”.

Beniquez declarou na conferência à imprensa: “Ainda assim, permanecemos aqui hoje, em pé, destemidos, fazendo frente, para dizer à Grande Besta com muitas cabeças, NÃO TEMOS MEDO DE VOCÊ, e vamos proclamar nossa identidade e seus meios obscuros ao mundo a fim de que ninguém mais seja vítima de suas mentiras e confusões.”

Ele também declarou: “Em outra nota, gostaria de aproveitar esta oportunidade para expressar meu respeito e admiração pelo Papa Francisco, um homem que está provocando grandes mudanças na Igreja, e que corajosamente se desculpou pelos “crimes da Igreja durante a conquista da América.” Qualquer ser humano ou instituição pode cometer erros ou, de fato, muitos erros, mas o mais importante é ser corajoso, reconhecer esses erros e buscar o perdão deles. Nem Teofilo ‘Aaron’ Vargas Sein, Rosinin Rodriguez… nem a liderança da Mita Congregation jamais se desculpou por suas ações contra nós.”

Por fim, ele concluiu a conferência à imprensa dizendo: “Os lucros de meu livro serão doados a uma nova organização CIVIL sem fins lucrativos que criamos para combater seitas perigosas, buscando fazer o bem ser preconceito e promover o ecumenismo entre todas as religiões cristãs e um relacionamento inter-religioso com religiões não cristãs. Em suma, para atingir a paz, segurança, liberdade e amor no mundo, é importante que todos os seres humanos estejam unidos, e não podemos nos permitir estar separados por crenças religiosas quando todos estamos buscando adorar o Ser Supremo.”

A Mita Congregation foi fundada em Porto Rico no ano de 1940 (na verdade, foi reconhecida pelo Congresso dos Estados Unidos em 23 de outubro de 2015, ignorando assim o fato de que, no caso de Samuel Beníquez, a Mita Congregation possui um passado muito tenebroso.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Filho de líder de seita religiosa internacional Mita Congregation publica livro expondo crimes cometidos por seu pai e a religião"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *