Filha de Paulo Pinheiro ganha empregão de R$ 14 mil por mês

2899 1

Quando os que mandam perdem a vergonha, os que obedecem perdem o respeito…

Cardeal de Retz.

Filha de Paulo Pinheiro ganha empregão de R$ 14 mil por mês

A crise econômica e o desemprego que assolam os brasileiros, e que provocaram a impressionante marca de 13 milhões de desempregados em todo o país, não pegou Gislaine Pinheiro, a Gica, filha do ex-prefeito de São Caetano Paulo Pinheiro (PMDB) e que era tida como a pessoa forte no governo de seu pai (2013-2016). Poucos dias após deixar o Palácio da Cerâmica junto com o restante da turma, Gica ,que também comanda o PMDB na cidade, foi agraciada pelo pai de seu namorado, o presidente da Câmara Municipal de São Paulo, Milton Leite (DEM) com o cargo comissionado de Diretora de Comunicação Externa lotada na presidência. A nomeação saiu no Diário Oficial paulistano no dia 20 de janeiro passado. A remuneração, segundo o site do Legislativo da Capital, é de R$ 14.737,95, quase 15 mil reais por mês, ou 16 salários mínimos. Como foi nomeada na última dezena do mês, em janeiro Gica recebeu o valor proporcional que totalizou R$ 5.403,92 também de acordo com a página da Casa. As informações podem ser conferidas no site da Câmara. Um detalhe que gera dúvidas é se a formação acadêmica de Gica é apropriada para exercer um cargo na área de comunicação já que o posto que exerce requer preparo técnico adequado. Ou a função de Diretor de Comunicação Externa da Câmara de São Paulo seria apenas mais um dos famosos cargos de livre preenchimento sem obrigação do saber técnico? Gica Pinheiro exerceu cargo comissionado no governo de seu pai de 2013 a 2014, como assessora especial de Gabinete. Após recomendação do Tribunal de Contas do Estado (TCE) pediu exoneração e se tornou peça chave do governo nos bastidores. Por não ser casada e nem possuir união estável com o deputado estadual Milton Leite Filho (DEM), seu namorado, sua nomeação no gabinete da presidência comandada pelo sogro não configura nepotismo de acordo com a lei. Mas não resta dúvidas de que é de se questionar a moralidade da iniciativa, ainda mais em tempos em que a população de São Caetano e do Brasil como um todo exige dos agentes políticos transparência nos atos.

Frase:

O Programa Caminhando Para a Saúde, criado na gestão João Avamileno e continuado na gestão Carlos Grana, não deveria acabar dessa forma. Um programa que atende a muitos dos nossos “jovens” pela cidade, em sintonia com as Unidades de Saúde

Willians Bezerra, vereador pelo PT de Santo André, ao comentar o fato de o programa social, criado pela gestão petista, em parceria com as Unidades de Saúde, estar sendo descontinuado pelo atual prefeito Paulinho Serra

Frase:

A consequência mais trágica do golpe é a destruição do Brasil enquanto nação, e a decomposição moral das suas instituições…

Aldo Fornazieri, físico e diretor acadêmico na Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP), em artigo publicado no seu perfil no Facebook, ao comentar todo o impasse político e moral no Brasil

Prefeitura reabre US Campestre nesta quarta-feira

A Unidade de Saúde do bairro Campestre voltará às atividades nesta quarta-feira, 15, de acordo com a estimativa da Secretaria de Saúde. O local havia sido fechado no início do mês após a atual gestão verificar a falta de manutenção, com infestação de pulgas. A unidade, que estava sem dedetização desde junho do ano passado, foi devidamente desinsetizada, tanto na laje como nos demais ambientes internos, limpa e higienizada com a vassoura de fogo, um lança chamas que queima os focos de ovos que ficam no chão. Na parte externa, a equipe de manutenção e de jardinagem da Prefeitura fez a limpeza no mato, retiraram algumas plantas, passaram a vassoura de fogo e impermeabilizaram o jardim mantendo três árvores frutíferas existentes. Através de uma força-tarefa de departamentos da Prefeitura, as ações puderam ser concluídas muito antes da previsão inicial de 45 dias. Os pacientes com consulta marcada já estão sendo comunicados sobre a reabertura.


VAPT-VUPT

SOLIDARIEDADE

  • A primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade de Ribeirão Pires, Flávia Dotto, participa, nesta quinta-feira (16), da reunião de trabalho com primeiras-damas e presidentes de fundos municipais da Grande São Paulo. Organizado por Lu Alckmin, presidente do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo, o encontro acontece no Palácio dos Bandeirantes, a partir das 13h30. “É o primeiro passo para retomarmos esse vínculo e, com isso, estabelecer parcerias para as ações sociais de assistência à criança e ao adolescente, atenção ao idoso e a escola de qualificação profissional em nossa cidade”, explicou Flávia Dotto.

NEPOTISMO CRUZADO?

  • Um certo morador de São Bernardo, que denuncia até parente se for necessário, garante não ter esquecido uma informação que lhe foi passada, em forma de documento, sobre o fato de um parente de um conhecido vereador ter integrado o quadro social da empresa que tinha a responsabilidade por algumas construções na cidade. Será que o Ministério Público vai fechar os olhos à questão…?

VIXE…

  • O prefeito Orlando Morando nem bem assumiu a Prefeitura de São Bernardo e já se viu às voltas com uma enormidade de problemas. Foi um tal de obras malfeitas e inacabadas; funcionários petistas alocados em cargos na administração; sem falar na dívida deixada pela administração e outros problemas. Mas o fato citado acima parece estar mexendo com seus nervos. Afinal de contas, o documento e o fato existem e dizem respeito diretamente a um dos seus homens de confiança e que está quase virando denúncia pública. Como diria um conhecido fofoqueiro, que muitos juram que ele teria enfiado a mão na cumbuca pública, a conferir…

O VEREADOR E A MAGIA NO SERVIÇO PÚBLICO

  • Um vereador novato nem bem assumiu e já se mostra interessado em aprender como dividir o pão ($) da melhor forma entre seus colaboradores. Afinal, o moço é muito preocupado com a educação (ou seria com o pagamento de mensalidades) dos filhos e netos dos munícipes. Atitude muito nobre e louvável da parte dele, mas alguém precisa avisá-lo de que a divisão de portaria, apesar de toda a ‘benevolência’ e ‘benemerência’ do nobre edil, é crime…

Prefeitura de SBC vai interpelar empresa por consertos em creche no Jardim da Represa

A Prefeitura de São Bernardo vai interpelar a empresa Tumi Construções e Empreendimento Ltda, responsável pela obra de construção da creche Manoel de Barros, na Rua Canadá, 250, bairro Jardim da Represa, para reaver a manutenção e o conserto de intervenções mal executadas e que já apresentam sinais de degradação. A empresa foi contratada em 2014, por R$ 32,1 milhões, para construção de cinco creches: Jardim Represa, Jardim Silvina, Jardim Nazareth, Jardim Farina e Riacho Grande. Inaugurada em dezembro do ano passado, a unidade do Jardim Represa já apresenta problemas de infiltrações, buracos nas paredes e no teto, encanamento precário, além de falta de fechamento adequado, expondo as crianças ao vento e à chuva. Logo na entrada do espaço já é possível verificar um emaranhado de ligações elétricas improvisadas, além de rachaduras em uma das rampas de acesso e em cabine de concreto, que oferece risco de tombamento. “Vamos cobrar os devidos reparos da empresa responsável, porque não é aceitável uma obra com apenas dois meses já estar neste estado”, salientou o prefeito Orlando Morando durante visita ao local, nesta segunda-feira (13). Atualmente, a creche atende 126 crianças entre zero a 3 anos, em período integral, das 7h30 às 17h30. Instalada em área de 1.9 mil metros quadrados, a escola conta com acessibilidade em todos os pavimentos e possui 12 salas de aula, espaço multiuso, pátio interno, cozinha, refeitório e área administrativa. Ao todo, o investimento no local totalizou R$ 6,1 milhões. Além da creche recém-inaugurada, a secretária de Educação, Suzana Dechechi, e o secretário de Obras, Luciano Eber, deram prosseguimento às inspeções em outros equipamentos educacionais das adjacências da escola, levantando possíveis intervenções para melhoria dos serviços. Outro alvo de vistoria foi a Emeb Octávio Edgard de Oliveira, na Rua João Saldanha, 424, Batistini. Inaugurada há mais de 30 anos, a escola atende cerca de 500 crianças de 4 a 10 anos de idade. Devido ao seu longo tempo de uso, porém, o espaço necessita de reforma de adequação, além de pequenos reparos, como restauração de grades e calhas. “De imediato temos que tratar da questão do telhado e zeladoria em geral. Estamos fazendo uma varredura do que precisa ser feito para já começar a executar”, informou Dechechi.

Total 1 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

1 comentário on "Filha de Paulo Pinheiro ganha empregão de R$ 14 mil por mês"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *