Festival internacional leva ciência para bares e restaurantes de 22 cidades brasileiras

426 0

Da Redação – Nos dias 15, 16 e 17 de maio, será realizado em 22 cidades brasileiras – incluindo São Carlos e Sorocaba – o Festival Internacional de Divulgação Científica Pint of Science, uma série de encontros nos quais pesquisadores conversam com o público em restaurantes, cafés e bares, falando sobre assuntos relacionados à Biologia, Computação, Engenharia, Estatística, Filosofia, Física, História, Matemática, Química, Sociologia e outras áreas do conhecimento.

Este é o primeiro ano que Sorocaba recebe o Pint of Science, e conta com a coordenação da professora Ana Claudia Lessinger, do Departamento de Biologia (DBio) do Campus Sorocaba da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). A iniciativa, segundo a docente, partiu do sucesso do projeto de extensão coordenado por ela, “Circuito Sorocabano de Divulgação Científica: UFSCar na Mesa do Bar”, que serviu de estímulo para lançar a candidatura de Sorocaba para participar do Pint of Science 2017.

“A professora Mírian Forancelli Pacheco, também do DBio, que integrava o projeto de extensão, foi convidada como palestrante pela organização do Pint of Science 2016. Então, descobrimos que esse Festival Internacional de Divulgação Científica tinha uma proposta parecida com nosso projeto e iniciamos o contato com a Coordenação Nacional para incluirmos Sorocaba no roteiro”.

Para Ana Claudia, a realização do Festival é importante para Sorocaba por promover a democratização do conhecimento científico e da cultura científica. “Sorocaba é uma cidade que possui estrutura para sediar este evento e público interessando em propostas de comunicação científica neste modelo mais informal e descontraído”, destaca a coordenadora local da iniciativa.

Ela integra um grupo de dez professores da UFSCar cujo objetivo é a divulgação científica e a popularização da ciência. “Este grupo construiu uma proposta de programação relacionada às temáticas do Pint of Science e tem ido a campo desde o ano passado para visitar e contatar donos de bares e restaurantes, levantar orçamentos e buscar financiamentos para garantir infraestrutura de som e imagem para as palestras e meios de acolher bem os palestrantes e o público”, detalha.

“Se o conhecimento científico ficar limitado aos laboratórios e salas de aula da universidade, ficará restrito a poucos. É parte do compromisso social da UFSCar promover a democratização deste conhecimento e os seus pesquisadores devem promover estratégias para valorizar a popularização da ciência e se aproximarem de outros públicos, desmistificando a imagem que a sociedade tem do cientista. Somos mais normais do que a maioria imagina!”, declara Ana Claudia.

Além de Sorocaba, o Festival será realizado em São Carlos, em mais de 20 municípios brasileiros e também em cidades espalhadas por países como Alemanha, Austrália, Áustria, Canadá, Espanha, França, Irlanda, Itália e Reino Unido. O evento é gratuito no Brasil e as pessoas só pagam o que consumirem nos locais em que acontecem os bate-papos científicos. A programação será disponibilizada no site do evento, em http://posbrazil.wixsite.com/posbrazil, a partir do dia 27 de março.

Total 2 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Festival internacional leva ciência para bares e restaurantes de 22 cidades brasileiras"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *