Festival Cultura Solidária acende união do diademense na luta contra a fome

39 0

Durante as sete apresentações que ocorreram ao longo deste sábado (27) centenas de pessoas se mobilizavam (sem causar aglomerações) com objetivo duplamente nobre: ajudar os artistas e as famílias carentes da cidade  

Texto: Henrique Nunes – Crédito-foto: Dino Santos (PMD)      

Da Redação – Há pelo menos um ano, um simples abraço tornou-se uma “ameaça” diante das novas regras de convivência imposta pela pandemia do coronavírus. Simbolicamente, no entanto, nada parece maia urgente e humano do que abraçar uma causa.

O que dizer., então, de quem se dispõe a abraçar não uma, mas duas causas ao mesmo tempo? Foi o que aconteceu neste sábado (27) em Diadema, durante a realização do 1º Festival Cultura Solidária, que marcou também o lançamento da campanha “Sua Vida Importa para Mim e Sua Fome me Incomoda”, primeira ação do recém-criado Comitê de Combate à Fome – iniciativa instituída por meio de decreto e que envolve diversas secretarias municipais.

Enquanto sete artistas da cidade se revezavam no palco, durante live ocorrida entre 14h e 19h, centenas de pessoas, individualmente ou em nome de empresas e entidades, atendiam ao chamado da administração municipal com doações de alimentos e transferências bancárias.

Parte do que foi recebido será distribuída aos artistas inscritos no Cadastro Municipal de Trabalhadores da Cultura e o excedente fica à disposição do Banco de Alimentos da cidade para que seja repassado a famílias em situação de vulnerabilidade social = ainda não há um balanço sobre o quanto foi arrecadado, mas as imagens impressionam.

Para o secretário de Cultura, Deivid Couto, nem o diademense mais otimista poderia esperar tamanha mobilização da população. “Enquanto a gente acompanhava os shows, não parava de chegar fotos das doações entregues pelo povo ao Banco de Alimentos da cidade. A sensação é de missão cumprida”, resume.

A primeira-dama e presidenta do Fundo Social de Solidariedade, Inês Maria Filippi, completa: “A mobilização das pessoas para ajudar tanto uma classe tão afetada pela pandemia, que é a classe artística, quanto quem hoje luta por um prato de comida é emocionante. Mas o nosso trabalho está só começando e vamos seguir convidando a todos e todas para que sigam contribuindo com a campanha”.

Quem não conseguiu realizar doações durante o sábado, mas ainda pretende colaborar, pode ficar tranquilo. No decorrer da semana, a Prefeitura divulgará novos pontos de arrecadação, além do Banco de Alimentos – doações em dinheiro poderão ser feitas pelo site http://combateafome.diadema.sp.gov.br/.


Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Festival Cultura Solidária acende união do diademense na luta contra a fome"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *