Feninfra defende vacinação dos trabalhadores das teles

64 0

Em 12 meses, houve aumento de 9,4% da cobertura 4G no País, que está em 98,3% da população nacional. Chega em média, a um novo município por dia. Risco à saúde dos profissionais cresce na mesma proporção da demanda.

Da Redação – A Federação Nacional de Instalação e Manutenção de Infraestrutura de Redes de Telecomunicações e de Informática (Feninfra) reivindica a inclusão dos colaboradores das empresas do setor nos grupos prioritários de imunização contra a Covid-19. Vivien Suruagy, presidente da entidade, explica que esses trabalhadores estão expostos à interação presencial diária com numerosas pessoas, devido ao crescimento significativo da demanda dos serviços, para o atendimento, neste momento de isolamento social, do home office, reuniões profissionais, audiências judiciais, consultas médicas, aulas, eventos, seminários e congressos remotos.

“A sociedade e a economia estão girando no ambiente virtual. Por isso, as instalações dos equipamentos nas casas e empresas e a necessidade de manutenção das redes de internet, 4G e telefonia, absolutamente prioritárias na presente conjuntura, colocam nossos recursos humanos na linha de frente no enfrentamento da pandemia”, argumenta a dirigente, lembrando que os serviços de telecomunicações foram classificados como essenciais por decreto federal, em março de 2020.

“A imunização do nosso pessoal é decisiva para protegê-lo e, por outro lado, evitar que dissemine o vírus quanto estiver atendendo em residências e empresas”, pondera Vivien, acentuando que o setor cumpre todos os protocolos sanitários, fornecendo equipamentos de proteção individual, álcool em gel 70 e permanente orientação aos trabalhadores. “Porém, os riscos de contágio estão elevados, como se observa no número atual de mortes diárias no País”.

O setor, constituído por 157 mil empresas, emprega 2,2 milhões de trabalhadores em tecnologia da informação e telecomunicações. município. “Alcançamos 205 milhões de acessos de internet pela rede móvel e 245 milhões no total, considerando banda larga fixa e móvel”, revela Vivien. A banda larga fixa cresceu 10,4% em 2020, com 36,309 milhões de novos contratos; 46,8% do País já contam com fibra ótica, cuja tecnologia teve expansão de 66% nos últimos 12 meses. No mesmo período, a velocidade média de internet contratada pelo brasileiro aumentou 58,6%, sendo hoje de 34 Mbps.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Feninfra defende vacinação dos trabalhadores das teles"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *