Famílias participam de rotina e fazem papel de consultores informais das escolas de SP

531 0

Da Redação – Um  olhar de fora da rotina pode promover mudanças importante no dia-a-dia de uma escola. A boa notícia: já é possível observar essas transformações em unidades da Secretaria da Educação de São Paulo, onde a participação dos pais, responsáveis e alunos cresce a cada ano e é peça fundamental da gestão. Além de acompanhar lições e provas em casa, o grupo também se divide entre os papéis de representantes de turma ou assembleias e até ‘consultores informais’.

É exatamente o que acontece na E.E. Brasílio Machado, na Vila Madalena, desde 2015, quando o programa de ensino integral foi implantado. Por lá, dois pais, por classe, são escolhidos representantes. A votação é feita por seus pares. A eles é atribuída a tarefa de sugerir melhorias e desenvolver parcerias e novos projetos. Como foi a criação da ação ‘Cabelo de Lelê’ que discutiu temas como a diversidade, racismo e bullying.

Em outra escola da capital, a E.E. Professor Ayres de Moura, na Vila Jaguara, a reunião de professores deixou a formalidade de lado e passou a convocar os pais para se envolver com a escola. O resultado foi imediato. A partir da mudança, o grupo ficou mais presente (participa de atividades com os filhos em datas comemorativas, por exemplo) e também são ouvidos para compartilhar feedbacks e opiniões. Para o diretor da escola, Daniel Quaresma, “o envolvimento com a escola cresceu tanto que a unidade passou a ser um local de mobilização pró comunidade”.

Um outro exemplo vem de Ribeirão Preto. Na E.E. Jorge Rodini Luiz, pais e também alunos participam das assembleias. Dos encontros surgiram propostas como para o intervalo. A partir de agora, os alunos são orientados a fazer a fila sentada, podem levar brinquedos e o sinal de início e fim do período foi substituído por música. Para a diretora da unidade Vera Lavagnini “o projeto ainda incentiva que os alunos desenvolvam o senso de cidadão crítico”.

Total 1 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Famílias participam de rotina e fazem papel de consultores informais das escolas de SP"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *