Fábrica da GM em Joinville comemora três anos de atividades

761 0

Da Redação – Referência mundial em sustentabilidade e preservação do meio ambiente, a unidade da General Motors em Joinville (SC) comemora três anos de operações amanhã, dia 27 de fevereiro. Com mais de 218 mil motores produzidos nas versões 1.0 e 1.4 litros, destinados à fábrica da GM de Gravataí (RS), que são usados nos modelos Onix e Prisma, e cabeçotes de alumínio.

No ano passado, a produção atingiu 121.357 unidades. Entre as diversas inovações existentes, destacam-se a energia fotovoltaica, o uso racional da água e da energia elétrica, tratamento de esgotos por meio de jardins filtrantes e tratamento de água por osmose reversa.

Em março de 2014, Joinville foi a primeira fábrica do setor automotivo da América do Sul a conquistar a certificação internacional de construção sustentável Leadership in Energy and Environmental Design (Leed Gold) e a segunda a receber a certificação entre as fábricas da GM no mundo.

Durante o processo de certificação, foram consideradas as práticas e iniciativas sustentáveis da construção civil em diversas fases; da concepção do projeto à operação. Um dos requisitos era reduzir em 10% o consumo de energia em toda da fábrica. A GM de Joinville conseguiu obter uma economia de 13,8% e deixa de emitir anualmente cerca de 120 toneladas de CO2.

A fábrica também reutiliza 26 mil metros cúbicos de água/ano, volume equivalente ao consumo de cerca de 100 residências. Em outubro do mesmo ano, atingiu o status zero resíduo para aterro, reciclando, reusando e convertendo em energia todos os resíduos das suas operações diárias.

“Desde a sua instalação no país, há 91 anos, a GM promove iniciativas voltadas à sustentabilidade”, diz Marcos Munhoz, vice-presidente da companhia. ” A fábrica de motores de Joinville, marca a consolidação desse processo e reforça nosso compromisso com a preservação do meio ambiente”.

Produção valoriza meio ambiente – O processo de manufatura de montagem dos motores conta com linha paletizada automática, controle à prova de erros e 100% de controle eletrônico de torques. Já a usinagem dos cabeçotes conta com centros de usinagem CNC e flexibilidade para reconfiguração rápida de produtos. O controle de qualidade conta com processo amparado pelo laboratório metrológico CMM e 100% de rastreabilidade de produção. O teste a frio dos motores não utiliza combustíveis e tem zero de emissões de gases e seus parâmetros são controlados por computadores.

Ainda na área da qualidade, para manter as rígidas tolerâncias nos processos de usinagem e montagem dos novos motores, todo o galpão industrial tem temperatura e umidade controlados.

Alinhado com o conceito de se buscar a máxima eficiência energética no uso de equipamentos, o sistema de ar-condicionado tipo VRV (volume de refrigerante variável) proporciona uma redução substancial no consumo de energia por meio do monitoramento interno dos níveis de CO2 para controlar o volume de ar externo de renovação em função da ocupação.

O sistema de compressores de ar com variador de velocidade e secador por adsorção – seca o ar por reação físico-química – é 8% mais econômico comparado à ASHRAE, norma norte-americana que regula o assunto.

O ambiente interior conta com luz natural e dimerização (controle automático do nível de luz artificial), monitoramento da qualidade de ar, além de controle de temperatura do ar. E ainda, o sistema de iluminação interna é de alta eficiência e toda a iluminação externa é feita por sistemas de LED.

Energia gerada por sistema inédito – O inédito sistema implantado na unidade da GM em Joinville, conta com a instalação de 1.280 módulos fotovoltaicos que ocupam uma área de 2.115 metros quadrados, e gera energia para toda a unidade industrial. A energia gerada por este sistema equivale ao consumo de 220 casas, e evita a geração de 10,5 toneladas de CO2 por ano.

Aquecimento solar garante economia – O sistema de aquecimento solar na unidade de Joinville tem capacidade para fornecer 15.000 litros de água quente por dia, o equivalente ao consumo de 750 pessoas. A economia prevista por ano pode chegar a 8.800 m3 de gás natural – ou ainda, ou 7.190 Kg de GLP ou 96.100 kWh -, evitando a geração de 17,6 toneladas de CO2 por ano. Esta iniciativa supre as necessidades dos vestiários e cozinha. No final de semana, com a produção parada, cerca de 15% a 20% do consumo de energia é suprido por energia solar.

Uso racional da água evita desperdícios – Todas as instalações dos sanitários da unidade da GM em Joinville são dotadas de torneiras e descargas de baixo fluxo, com sensor ou temporizador. Outra iniciativa de uso racional de água e também de energia é o sistema conhecido como “Wetland” (Jardins Filtrantes), considerado altamente sustentável no tratamento de esgotos, já que não utiliza produtos químicos. Na verdade, ele usa e a vegetação adaptada ao local e integrada à paisagem para o tratamento dos efluentes. Tem baixo consumo de energia, remove 90% dos poluentes e apresenta reduzida geração de resíduos sólidos.

Os jardins filtrantes ocupam uma área de 650 m2 do total dos 3.500 m2 ocupados pelo sistema de tratamento de efluentes e geram uma expressiva economia de energia elétrica, – superior a 60% se comparado a uma instalação convencional de 124 MWh/ano – deixando de gerar 3,6 toneladas de CO2 por ano, além de o custo de implementação ser bem menor que uma convencional do mesmo porte.

Mais qualidade por meio da Osmose Reversa – A tecnologia de tratamento de água por Osmose Reversa produz uma água de excelente qualidade, muitas vezes superior à da água de origem, que permite aplicação industrial irrestrita, com baixa salinidade e condutividade e isenta de micro-organismos.

Ele permite o reuso de até 26 mil m3 por ano de água, evitando o consumo de água potável suficiente para abastecer o equivalente ao consumo de 100 casas populares. A água tratada com elevado teor de pureza é utilizada para fins não potáveis, como processo industrial, sanitários, irrigação, jardinagem e lavagem de pisos.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Fábrica da GM em Joinville comemora três anos de atividades"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *