Exposição retrata detalhes da vila inglesa de Santo André

1225 0

Da Redação – A exposição fotográfica “Visões da vila ferroviária”, do fotojornalista Edu Guimarães, reserva aos visitantes da 18ª edição do Festival de Inverno de Paranapiacaba um compilado fotográfico que vai além dos belos e históricos imóveis e da exuberante Mata Atlântica na qual a vila está inserida.

A proposta da exposição, que pode ser conferida nos dias 21 e 22 de julho, é provocar o olhar dos visitantes ao que acontece no dia a dia do local, mostrando que passado e presente se misturam ao cenário que surgiu a partir do acampamento de trabalhadores que instalaram a primeira estrada de ferro do Estado de São Paulo.

Pequenos recortes do cotidiano estão representados na série de imagens que compõem a exposição, como no colorido de roupas no varal, na delicadeza de uma cortina que parece brincar com o vento ou ainda em alguns de seus moradores que foram retratados para o projeto.

Além de situações do dia a dia, que muitas vezes passam despercebidas pelos turistas, “Visões da vila ferroviária” traz detalhes que mostram a interação dos moradores com seu próprio ambiente. Essa interação é mais ou menos efêmera de acordo com sua utilidade ou motivação, como uma campainha estilizada ou um rabisco no muro.

“As imagens também trazem a proposta de conduzir aqueles que as observam para além de pontos turísticos específicos e bastante conhecidos, como a torre do relógio”, comenta o fotógrafo. “O intuito é levar o visitante a prestar atenção nos pequenos tesouros escondidos entre as madeiras avermelhadas dos imóveis e a densa neblina que cobre a vila ao fim do dia. Lembra-los que Paranapiacaba é mais do que construções centenárias, ferrugem e graxa. Ali existe vida que pulsa e movimenta”.

Serviço – “Visões da vila ferroviária”, de Edu Guimarães, na 18ª edição do Festival de Inverno de Paranapiacaba (Av. Dr. Campos Salles, 456, próximo ao Antigo Mercado), nos dias 21 e 22 de julho, com entrada gratuita

Sobre o fotógrafo – Edu Guimarães é formado em jornalismo e há uma década atua como fotojornalista. Além de trabalhar na imprensa regional do ABCD, desde o início da carreira registra imagens de Paranapiacaba, buscando sempre encontrar algo de novo na paisagem que parece congelada no tempo.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Exposição retrata detalhes da vila inglesa de Santo André"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *