Etapa de Goiânia da Stock Car vai valer por duas no final de semana

237 0

Penúltimo encontro da temporada 2020 terá três corridas e será válido por duas etapas, a 10ª e a 11ª, sendo crucial na disputa pelo título

Da Redação – Goiânia será a sede do penúltimo encontro da temporada 2020 da Stock Car. O final de semana será mais uma vez de rodada valendo por duas etapas, a décima e a 11ª, com três corridas programadas: uma no sábado (21), com 40 minutos mais uma volta de duração, e as duas habituais no domingo (22), ambas de 30 minutos mais uma volta e com a inversão dos dez primeiros colocados da primeira para a largada da segunda.

É um ponto de definição do campeonato, uma vez que 144 pontos ainda  estão na mesa – 84 em Goiânia e 60 em Interlagos, na grande final de 13 de dezembro, que será de corrida única e pontuação dobrada. E quem chega à capital goiana desfrutando do status de líder é Thiago Camilo. O piloto da Ipiranga Racing foi o verdadeiro matador da etapa anterior em Curitiba (PR): duas pole positions e duas vitórias em três corridas; desempenho que lhe alçou da quinta posição na tabela para a ponta com 222 pontos, 24 a mais que o vice-líder Ricardo Zonta e 26 a mais que Rubens Barrichello – os dois últimos, vencedores em Goiânia na abertura da atual temporada.

A pista em si representa sempre um desafio técnico, especialmente aos freios, cujos conjuntos de discos e pastilhas são fornecidos pela FREMAX e pela FRAS-LE, respectivamente. Isso porque, historicamente, Goiânia apresenta altas temperaturas tanto ambiente como de asfalto. Somado a isso o fato de o traçado de 3.835 metros promover altíssima competitividade, com os carros andando muito próximos um do outro, o que dificulta a refrigeração dos freios – especialmente nos novos carros de 2020, que apresentam maior peso e menor pressão aerodinâmica no auxílio às frenagens.

Das sete curvas, quatro são cruciais em termos de requisição dos freios. A curva 1 faz os pilotos reduzirem a velocidade de 250 para 136 km/h – de sexta para terceira marcha -, utilizando uma pressão de 100 bar (o equivalente a pouco mais de 100 quilos/cm³) sobre o pedal do freio. Na curva 2, os pilotos reduzem de 223 para 94 km/h, de quinta para segunda, com alta pressão no pedal (cerca de 95 bar).

A curva 5 é a de velocidade mais baixa da pista, com redução de 197 para 78 km/h na primeira perna do “esse”, e a chamada curva “zero”, que é a sétima e última do circuito, obriga os pilotos a reduzirem a velocidade de 205 para 97 km/h, de quinta para segunda marcha e uma pressão de 98 bar no pedal do freio.

Os treinos livres acontecem na sexta-feira (20) às 9h05 e às 13h40. No sábado (21), os pilotos vão direto ao classificatório da décima etapa às 9 horas e a prova tem largada às 12h15; no domingo (22), classificação às 9 horas e duas corridas: a primeira às 11 horas e a segunda às 11h55. Todos os classificatórios e corridas serão transmitidos ao vivo pelo canal SporTV2.

A FRAS-LE e a FREMAX são as fornecedoras oficiais de pastilhas e discos de freio da categoria, respectivamente, e trabalham em conjunto com as todas as equipes do grid para assegurar o melhor desempenho, segurança, eficiência e confiabilidade. A Fremax é a fornecedora dos discos desde 2004 e a Fras-le, desde 2016.

Fala, piloto!
“Também é uma pista de média para alta velocidade, com uma reta longa, e entre as curvas há longos trechos de aceleração. Muito exigente para os freios, acho que até mais que Curitiba. Na minha opinião, é a segunda pista que mais exige do conjunto dos freios, logo depois do Velocitta. O desgaste de pneus é mais acentuado por causa da demanda para a tração. Os carros mudaram muito desde a primeira etapa, e estamos ansiosos por manter o bom desempenho apresentado em Curitiba”.
(Thiago Camilo, Ipiranga Racing, Toyota Corolla #21)

A pista de Goiânia na ótica da FRAS-LE & FREMAX
“Com uma reta bastante longa, de mil metros, Goiânia traz alguns pontos de bastante exigência com os freios, como nas curvas 1, 2, 5 e 7, em que o piloto aplica uma pressão próxima de 100 quilos sobre o pedal do freio, sempre reduzindo as velocidades em mais de 100 km/h dentro de pouquíssimos metros. Além disso, as temperaturas, tanto ambiente como da pista, são historicamente altas e o circuito promove muita competitividade, com os carros andando muito próximos o tempo todo, o que representa uma restrição na refrigeração dos freios. É um traçado de média para alta velocidade, com poucos pontos de baixa velocidade”.
(André Brezolin, engenheiro de projeto FRAS-LE & FREMAX)

10ª e 11ª Etapas – Stock Car 2020
GOIÂNIA (GO)
Autódromo Internacional de Goiânia
Extensão: 3.835 metros
Sentido: horário
Curvas: 7 (4 à direita e 3 à esquerda)

Características técnicas (nível 1 a 5 do menor para o maior):
Abrasividade do asfalto: 4
Força lateral: 4
Nível de exigência dos freios: 4
Pneu mais exigido: traseiro esquerdo

Inauguração: 1974
Previsão climática: Mínima de 21ºC e Máxima de 33ºC, podendo ocorrer pancadas de chuva no decorrer da tarde
Pole position em 2020*: Ricardo Zonta, 1min26s014
Vencedores em 2020: Ricardo Zonta e Rubens Barrichello
*O Autódromo de Goiânia recebeu a primeira etapa da temporada 2020 da Stock Car


PROGRAMAÇÃO DAS ETAPAS

Sexta-feira, 20 de novembro
09h05 – 10h15: 1º Treino Livre
13h40 – 14h50: 2º Treino Livre
Sábado, 21 de novembro
09h00 – 09h35: Classificatório 10ª etapa
12h15: Largada 10ª etapa (40 minutos + 1 volta)
Classificação e corrida com transmissão ao vivo pelo SporTV2
Domingo, 8 de novembro
09h00 – 09h35: Classificatório 11ª etapa
11h00: Largada Corrida 1 da 11ª etapa (30min+1volta)
11h55: Largada Corrida 2 da 11ª etapa (30min+1volta)
Classificação e corridas com transmissão ao vivo pelo SporTV2

CALENDÁRIO 2020
10ª e 11ª etapas – Goiânia, 21 e 22 de novembro12ª etapa – São Paulo, 13 de dezembro

Vencedores até o momento na temporada:
Goiânia: 
Ricardo Zonta e Rubens Barrichello
São Paulo: Nelsinho Piquet e Ricardo Zonta
Londrina: Rafael Suzuki e Ricardo Maurício
Cascavel: Thiago Camilo, Bruno Baptista e Daniel Serra
Mogi Guaçu: Julio Campos e Diego Nunes
Curitiba: Thiago Camilo e Gabriel Casagrande

Classificação do campeonato, após nove etapas (Top-10):
1º – Thiago Camilo – 222 pontos
2º – Ricardo Zonta – 198
3º – Rubens Barrichello – 196
4º – Ricardo Maurício – 193
5º – Cesar Ramos – 190
6º – Daniel Serra – 190
7º – Gabriel Casagrande – 175
8º – Allam Khodair – 157
9º – Nelson Piquet Jr – 149
10º – Diego Nunes – 140

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Etapa de Goiânia da Stock Car vai valer por duas no final de semana"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *