Estudantes de São Caetano avaliam ambiente das escolas municipais

865 0

Da Redação – O aprendizado das crianças e jovens depende de diversas variáveis que não se restringem ao conteúdo didático ensinado em sala de aula. Entre estas variáveis, uma das mais importantes é o ambiente que os estudantes encontram na escola: quanto mais acolhedor e estimulante o local de estudos, melhor o desempenho de todos.

Por este motivo a Secretaria de Educação da Prefeitura de São Caetano do Sul, em projeto coordenado pelo Centro de Capacitação dos Profissionais da Educação (Cecape) Dra. Zilda Arns, criou o questionário Clima Escolar, para avaliar como os alunos enxergam as escolas municipais sulsancaetanenses.

Os questionários foram respondidos por mais de 2.300 alunos dos 5os e 9os anos do Ensino Fundamental de todas as escolas de São Caetano. Em algumas unidades, por iniciativa da direção, crianças de outros anos também participaram da consulta. E para garantir resultados mais acurados, os estudantes não foram identificados no levantamento, abrindo espaço para a realização de críticas, sugestões e elogios de forma mais livre por todos.

A secretária municipal de Educação de São Caetano, Ivone Braido Voltarelli, ressaltou a relevância do projeto Clima Escolar. “É sempre importante saber como os alunos avaliam o ambiente escolar. Temos de conhecer as expectativas dos estudantes, se queremos que eles sejam cidadãos conscientes de seus direitos. Isso se chama ouvir nossos jovens e faz parte do nosso compromisso em sempre buscarmos ações para beneficiar os alunos das escolas municipais.”

O projeto Clima Escolar avaliou a percepção dos alunos em temas como justiça, relacionamento, pertencimento, motivação, qualidade dos docentes e da gestão escolar. “Com este projeto nós tentamos ultrapassar a esfera de preocupação da Educação. As escolas não podem se ater às notas, devem também avançar e levar em consideração outras dimensões do processo educativo”, explicou Paulo Sérgio Garcia, responsável pela Coordenação Pedagógica do Cecape.

O educador ressaltou a importância, para o aprendizado, de um clima positivo nas escolas. “É fundamental que as crianças encontrem na escola um ambiente onde se sintam motivadas, que tenham o sentimento de pertencimento em relação àquele local. Também é preciso que elas sintam segurança no relacionamento com os outros alunos, os professores, gestores e demais funcionários. Nestas condições a aprendizagem acontece de forma muito mais efetiva”.

Após a tabulação dos questionários, equipes do Cecape e a direção das escolas avaliaram cada resultado obtido no levantamento. Essa análise deu origem a um conjunto de ações para melhorar a percepção e a vivência dos alunos no ambiente escolar, avançando além da questão cognitiva. “Este resultado é importante para o gestor reorganizar a escola, sempre visando o direito de todas as crianças aprenderem. Algumas unidades chegaram a realizar assembleias com os alunos para discutirem os resultados”, afirmou Paulo Sérgio Garcia.

Entre as ações fruto do projeto Clima Escolar, destacam-se as oficinas e palestras realizadas com diretores, coordenadores e orientadores educacionais. O filósofo Ives Alejandro Munoz, da Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS), conversou com os educadores sobre temas como empatia no contexto escolar, felicidade na escola e motivação. “Estamos muito contentes com o resultado do projeto. Agora temos novos dados para melhorar cada vez mais as escolas do município”, concluiu o coordenador pedagógico do Cecape.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Estudantes de São Caetano avaliam ambiente das escolas municipais"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *