Estado de SP reduz homicídios e tem menor taxa em 16 anos

676 0

Da Redação – O Estado de São Paulo terminou o ano de 2016 com uma nova redução no número de casos e vítimas de homicídio doloso. Com isso, atingiu a menor taxa desde o início da série histórica há 16 anos. Além disso, houve diminuição nos roubos a banco e de veículos. O número de casos de homicídio diminuiu 6,31% em todo o ano, caindo de 3.758 para 3.521 registros, com 237 a menos. Apenas em dezembro, houve redução de 1,75%. Ambos os totais de 2016 são os menores da série histórica.

“A queda do número de homicídios no Estado, na Capital, na Grande São Paulo e em várias partes do Interior é um fato que estamos comemorando em virtude do trabalho incessante das nossas polícias. [A queda] mostra que a política de segurança pública com relação aos crimes contra a vida tem sido acertada”, falou o secretário da Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho, durante a apresentação das estatísticas, nesta terça-feira (24).

Já o total de vítimas de morte intencional recuou 7,29% de janeiro a dezembro, passando de 3.963 para 3.674. Foram 289 vidas poupadas. O número também é recorde para o período desde 2001. Com a redução das mortes, o Estado registrou taxas de 8,12 casos e 8,47 vítimas de homicídio a cada 100 mil habitantes. São os índices mais baixos da série histórica, com uma redução de 6,98% e 7,96% em relação ao ano de 2015. “Nós partimos de números extraordinariamente gigantescos. No ano de 2001, nós tínhamos 13 mil vítimas de homicídio por ano e, hoje, temos 3.674 vítimas no ano. É um trabalho que não pode parar”, destacou Mágino.

Sequestros – As extorsões mediante sequestro registraram no ano passado o menor total desde 2001. Foram 30 casos – 9,09% a menos que no ano anterior, que teve 33 casos. Em dezembro, o indicador caiu de cinco para duas ocorrências.

Crimes contra o patrimônio – O ano terminou com uma diminuição de 0,90% nos roubos de veículo. O total passou de 78.659 para 77.949. Foram 710 casos a menos, levando ao número mais baixo desde 2010. Apenas em dezembro, a queda foi de 8,18%. ”Esse é um indicador muito importante porque tem um reflexo direto com o crime de latrocínio”, disse o secretário. “O combate ao roubo de veículo é uma das prioridades da Secretaria da Segurança Pública justamente para coibir ações criminais mais graves ainda”, completou.

Em dezembro, os furtos de veículos caíram 1,64%, chegando ao número mais baixo desde 2014. O número passou de 8.043 para 7.911, com 132 a menos. No ano, o índice aumentou 0,22%.

Os roubos a banco alcançaram o menor total em 16 anos, com o recuo de 13,84% atingido no período de janeiro a dezembro de 2016. Foram 137 casos no ano, 22 a menos que em 2015, que somou 159 registros. Os roubos aumentaram 5,19% no ano, passando de 307.392 para 323.350 casos. Em dezembro, a alta foi de 0,88%. Já os furtos subiram 3,93%, de 495.334 para 514.820 boletins de ocorrência. O número de roubos de carga registrou uma alta de 17,11% de janeiro a dezembro do ano passado, chegando a 9.943 registros. Foram 1.453 casos a mais que em 2015, quando houve 8.490 casos.

As ocorrências de latrocínio aumentaram 2,03% no ano, de 345 para 352, com sete a mais. O número de vítimas de latrocínios subiu 1,4% em 2016, passando de 356 para 361. Houve cinco vítimas a mais.

Estupros – O número de estupros aumentou 6,72% de janeiro a dezembro, passando de 9.265 para 9.888, com 623 a mais. No último mês do ano, a alta foi de 10,10% – de 723 para 796 casos, com um acréscimo de 73 registros.

Produtividade policial – O trabalho das polícias Civil e Militar resultou em 188.751 prisões durante todo o ano passado. O número, que é recorde, é 4,51% maior que o de 2015, quando houve 180.606 prisões. Em dezembro, foram 14.145 detenções. O número de flagrante de tráfico de entorpecentes aumentou 2,67% no ano – de 44.364 para 45.549. Em dezembro, houve acréscimo de 5,57% nas ocorrências. Ambos os períodos têm os maiores totais desde 2001. No ano, houve 165,2 toneladas de drogas apreendidas em todo o Estado. O total é 39,48% superior ao apreendido em 2015 – 118,5 toneladas. Em 2016, houve ainda 16.873 armas de fogo retiradas das ruas.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Estado de SP reduz homicídios e tem menor taxa em 16 anos"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *