Escolas reformadas em SCS terão laboratórios de atividades lúdicas e tecnologia

286 0

Da Redação – “Espaço Conexão”. Esse é o nome provisório do laboratório de artes, atividades lúdicas e tecnologias que as escolas da rede municipal de São Caetano do Sul ganharão a partir das obras de revitalização implementadas pela Prefeitura, por meio das Secretarias de Educação (Seeduc), Serviços Urbanos (Sesurb) e Obras e Habitação (Seohab).

As duas primeiras unidades a ganhar esse espaço multidisciplinar serão a Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Rosalvito Cobra, no Bairro Santa Maria, e a Escola Municipal Infantil (EMI) Maria D’Agostini, no Bairro Mauá, que terão suas reformas iniciadas no próximo dia 10 de dezembro.

Nesta sexta-feira (30/11), o prefeito José Auricchio Júnior assinou as Ordens de Serviço (OS) para as reformas dessas escolas, em ato público que contou com a presença de secretários, vereadores e de representantes da Associação de Pais e Mestres (APM). “Tivemos a necessidade de ajustes no primeiro biênio de nossa gestão e agora, com as contas acertadas, começamos a investir em reformas das unidades de ensino. Até 2020, todas as escolas da rede municipal estarão em perfeitas condições”, afirmou o prefeito.

Segundo a secretária de Educação, Janice Paulino César, o espaço multidisciplinar das escolas de Ensino Fundamental associará três diferentes recursos pedagógicos: um laboratório de ciências, um laboratório maker (espaço destinado ao estímulo da criatividade, com apoio da tecnologia) e um laboratório de estudo e leitura. Nas escolas de Educação Infantil, o espaço antes destinado à brinquedoteca ganhará recursos tecnológicos – como tablets, por exemplo – para estimular o aprendizado dos pequenos.

“Nosso projeto é que todas as escolas ganhem esse espaço multidisciplinar, a começar das unidades que estão passando agora pelo processo de revitalização”, informa a secretária.

Na EMEF Rosalvito Cobra, haverá pintura geral e manutenção de pisos e forros, eliminação de infiltrações nas lajes entre os anexos do edifício, revisão geral dos telhados da escola e da quadra e adequações para tornar a escola ainda mais acessível. A EMI Maria D´Agostini receberá intervenções nos pisos e drenagem de solo, troca de revestimentos de piso e pintura em geral, revisão de toda a parte hidráulica e elétrica e adequação da cozinha e refeitório.

Segundo a secretária de Obras e Habitação, Maria de Lourdes da Silva, as reformas estão previstas para um período de quatro a seis meses e serão feitas, em sua maioria, no período de férias escolares.

EM DEFESA DAS CRECHES

Durante os atos de assinatura das Ordens de Serviço para a reforma da EMI Maria D´Agostini – que abriga 140 crianças de 0 a 3 anos – o prefeito Auricchio alertou a comunidade escolar para a importância de manter as creches dentro do escopo da educação municipal. Essa foi uma das reivindicações da carta “Mais Brasil, menos Brasília”, emitida pela 74ª Reunião Geral da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), realizada em São Caetano neste mês. Segundo o prefeito, autoridades do governo estudam a possibilidade de transferir as creches do âmbito da educação básica para a área social. “Vincular a educação infantil a uma política assistencialista seria um retrocesso”, afirmou. Para Auricchio e os demais prefeitos participantes da reunião, é importante que não se perca o compromisso pedagógico com a primeira infância, mantendo-a ligada à educação.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Escolas reformadas em SCS terão laboratórios de atividades lúdicas e tecnologia"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *