Errar ou não errar? Eis a questão

1497 1

Olá, seja bem-vindo ao meu texto! A princípio, desejo que leia com cuidado, a menos que queira retificá-lo! Garanto que ele é eminente…

Confesso que já cometi vários erros de português, mas agora tento usá-lo corretamente no meu dia a dia, e por haver várias ferramentas de pesquisa, a cada dia vou aperfeiçoando meu vocabulário.

Algumas pessoas tacham-me de “nerd”, mas eu só corro atrás dos meus sonhos em vez de gastar meu tempo assistindo aos programas de televisão, porque quando eu for maior de idade, não quero ser como a pessoa que chega à fila do pão e fala “me dá quinhentas gramas de mortandela”, quero ser a pessoa que fala “seguem anexos os documentos”, então, a partir de agora será proibida a entrada de erros de português.

Obrigada por ter lido até aqui, até breve!

MARSURA, Marcelly Molinari. Errar ou não errar? Eis a questão. 10 de maio de 2017
HARICH, Regiane. Professora de Português. Centro Educacional Cidade El Shadai e Prefeitura de Santo André

Total 22 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

1 comentário on "Errar ou não errar? Eis a questão"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *