Entidades agradecem retomada do Fundo Social de Solidariedade

243 0

Credito – Foto: Gabriel Inamine/PMSBC

Da Redação – Desde que assumiu o Fundo Social de Solidariedade (FSS) de São Bernardo, Carla Morando, pautou como prioridade o relacionamento com as instituições sociais da cidade, buscando conhecer os integrantes de cada diretoria, assim como definir metas para suprir as demandas, mesmo sem orçamento na Pasta. O resultado do trabalho foi constatado com a expressiva arrecadação de mais de 138 mil peças na Campanha do Agasalho, encerrada oficialmente na última quarta-feira (02/08), em ato na Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania.

Para as entidades que receberam estas doações, a retomada dos trabalhos do Fundo Social, extinto nos últimos oito anos, foi fundamental. “Vivemos de donativos, dependemos de todo tipo de ajuda. As peças da Campanha do Agasalho nos ajudaram muito”, declarou Maria da Graça Barbieri, a presidente da Comunidade de Amparo Social Aparecida Dias (CASA), que atende 53 idosos, bairro dos Fincos, no Riacho Grande.

Além de vestuário, estas instituições estão sendo contempladas com alimentos e kits de higiene pessoal, itens arrecadados por meio de ações das secretarias municipais e de empresas parceiras do Fundo, entre elas a Toyota. “A empresa fomenta ações sociais dentro do ambiente de trabalho, todas as doações são pessoais dos funcionários, a montadora entra com uma contrapartida na arrecadação”, explicou a assistente social Denise Morais.

Segundo o diretor técnico do Instituto, Roberto Rodrigues, as doações representam muito mais do que o benefício da economia. “A humildade da primeira-dama e a presença dela pessoalmente em nossa instituição (representando a administração) reforça em nós o sentimento de não estarmos sozinhos”, declarou o diretor.

A presidente do Clube de Mães Deus Forte que atende 140 famílias carentes no Jardim Petroni, Iranilda Maria, recebeu doações da Campanha do Agasalho, mesmo sem estar previamente cadastrada no Fundo. “Entrei em contato e solicitei os produtos. Fiquei tão grata que vim ajudar pessoalmente na separação das roupas”, contou Iranilda.

Na avaliação da presidente do FSS, Carla Morando, seu comportamento não poderia ser diferente. “Sempre gostei de ajudar, já fui voluntária em algumas instituições. Estou utilizando todo meu instinto e minha experiência nesta empreitada a frente do Fundo”, adicionou.

Selo “Solidariedade SBC” aprovado – Em contrapartida aos projetos para as entidades sociais, o Projeto de Lei que cria o “Selo Solidariedade SBC” foi aprovado, nesta quarta-feira (02/08), na Câmara Municipal de São Bernardo. A chancela será conferida pela Presidência do Fundo Social de Solidariedade (FSS) às pessoas físicas e jurídicas que integrem a comunidade local e participem, ainda que eventualmente, das atividades do Fundo.

Para autora da ação e presidente do FSS, Carla Morando, a ideia é valorizar a participação social das pessoas e das empresas da cidade. “Hoje, a qualificação social é tão importante quanto a profissional”, explicou a primeira dama. Anualmente, os selos serão distribuídos após análise realizada pelo Conselho Deliberativo do FSS, mediante prévio requerimento da pessoa física ou jurídica interessada, acompanhado de documentos que comprovem o preenchimento dos critérios de qualificação.

O prefeito Orlando Morando enviou o texto à Câmara, acatando a sugestão da presidente do Fundo. “Achei uma excelente iniciativa. São Bernardo homenageará os colaboradores do Fundo Social de nossa cidade, de maneira a motivá-los a seguirem engajados em projetos e ações que ajudem o próximo”, finalizou o chefe do Executivo.

Total 1 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Entidades agradecem retomada do Fundo Social de Solidariedade"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *