Empresária que começou como sacoleira lança obra em restaurante em SP

1961 0

Erika Linhares, empresária, pedagoga e palestrante lançou a obra Gente Feliz Não Enche o Saco em evento intimista na capital paulistana

Da Redação – Na noite da última terça-feira (8), a empresária e pedagoga Erika Linhares, que começou a carreira como sacoleira e chegou ao auge da carreira como diretora nacional de vendas da multinacional TIM, lançou o livro Gente Feliz Não Enche o Saco, publicado pelo Grupo Editorial Record, no restaurante TEVA, em São Paulo.

Diversos empresários, familiares e amigos compareceram ao evento para prestigiar o lançamento. São Paulo é a quarta capital em que a empresária faz sessão de autógrafos. Ela já lançou a obra em Curitiba, Belo Horizonte e Rio de Janeiro.

No livro, Erika conta sobre sua trajetória pessoal e profissional desde a adolescência vivida em Sete Lagoas, em Minas Gerais, até se tornar uma empreendedora, sócia da B-Have, empresa em que dá palestras e cursos em empresas pelo Brasil todo. Na obra, Erika também conta e ensina como conquistar sucesso na carreira. Além de ser executiva, ela é pedagoga e tem método e didática para falar sobre o assunto.

A cada capítulo, os leitores aprendem diferentes ensinamentos com base em experiências vividas pela empresária ao longo da carreira. Logo no início da obra, ela conta sobre a primeira equipe de trabalho da qual fez parte: sua família. O pai faliu e todos, que viviam muito bem e não estavam acostumados com dificuldades financeiras, precisaram recomeçar. A mãe foi vender cachorro-quente, os irmãos passaram a negociar talão de estacionamento, o pai foi à luta para recomeçar os negócios em uma garagem e Erika virou sacoleira.

Sobre Erika Linhares: Executiva especializada em comportamento e cultura dentro de organizações, chegou a ser sacoleira aos 15 anos quando o pai, dono de uma imobiliária, perdeu tudo na década de 90. Trabalhou ainda na área pública na Prefeitura de Sete Lagoas, em Minas Gerais. Depois de entrar na faculdade de pedagogia, começou a carreira no sistema privado aos 19 anos, ganhando R$ 350 reais como atendente de loja. Vinte anos depois, deixou o mercado corporativo como diretora nacional de uma das maiores empresas do Brasil para atuar como gestora de carreiras em sua empresa, a B-Have. Mais de 15 mil pessoas e 600 parceiros comerciais passaram pela gestão da executiva. Com mais de 44 mil seguidores no Instagram, toda segunda, ela posta vídeos da série Segundou na rede social e no canal dela no Youtube com o objetivo de fazer com que as pessoas sejam mais felizes no trabalho. Já às terças e quintas, às 18h30, ela faz lives no Instagram em que aborda diferentes temas.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Empresária que começou como sacoleira lança obra em restaurante em SP"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *