Empreendedora de R$10 mi: de gerente administrativa a franqueadora de beleza

51 0

Marina Groke, diretora da Unhas Cariocas, rede que teve faturamento de R$ 10 milhões em 2020, diz que as metas para este ano são a internacionalização da marca e tornar sua fábrica cosméticos em referência nacional

Da Redação – Ter metas ousadas e pensar grande é algo normal para uma mulher que vive de empreendedorismo. Marina Groke, diretora operacional da rede de franquia de esmalteria Unhas Cariocas, marca de Taubaté (SP), iniciou empreendendo no segmento de Beleza em setembro de 2017 quando, junto ao seu marido, Maurício Cesar, deram vida à sua ideia de criar um negócio diferente do que havia no mercado e com uma segurança que existia.

“Tudo nasceu com a vontade ter um negócio no ramo da beleza. Já erámos empreendedores em outro ramo, porém eu não estava satisfeita. Queria poder levar às pessoas algo novo, diferenciado, pois como cliente de unhas eu via muitas coisas a serem melhoradas e aproveitadas, como exemplo, marcar horário, que era uma das coisas que mais me atrapalhava, porque eu marcava e de última hora aparecia um compromisso, desmarcava no salão e depois não tinha como fazer mais. Observei outras mulheres fazendo isso e a maioria nem chegava a desmarcar, assim o local ou a manicure, perdiam o horário e, consequentemente, dinheiro”, conta Marina.

Outro fator que para ela seria fundamental era os salões de manicure oferecerem a segurança com a saúde. “Outro exemplo é a questão da biossegurança que 90% dos locais que eu frequentava não tinha. Cheguei a pegar fungos. Então, isso era uma das coisas que eu queria melhorar nesse ramo e trazer proteção tanto para a cliente quanto para as colaboradoras. Isso fez com que eu enxergasse no mercado de unhas que havia uma grande oportunidade”, relembra a empresária.

Crescimento exponencial

Com muito estudo e planejamento, o projeto da Unhas Cariocas foi iniciado com as lojas próprias, atualmente são cinco em operação. E o sucesso foi tão grande que, quatro anos após ser iniciada, a marca associada à ABF (Associação Brasileira de Franchising), ampliou seu negócio de forma significativa, marcando presença em nove estados brasileiros, em mais de 33 cidades e mais de 60 unidades. E um dos destaques da empresa é o método inovador que proporciona mais agilidade no processo, promovendo o bem-estar e saúde das mãos. 

“Ser apenas mais uma rede de franquias não é o que queremos. Nosso objetivo é ser a principal rede de esmalteria do Brasil e, para isso, é preciso que cuidemos bem de todos nossos processos, inclusive, o atendimento ao cliente. Utilizamos apenas nosso emoliente próprio e a cureta, dispensando o alicate, para não ferir a pele das pessoas”, afirma Groke.

Antes desta história, com início há cinco anos, Marina era gerente administrativa em uma unidade de franquia de escola de idiomas, que também era comandada por ela e pelo Maurício, que já tem 16 anos de experiência no franchising. A maternidade da segunda filha do casal fez com que ela ficasse dois anos fora do mercado, mas quando voltou criou uma das principais redes de esmalteria do Brasil.

E segundo a empreendedora, foi uma grande surpresa a receptividade obtida. “Obviamente, nós trabalhamos para que tudo ficasse perfeito, mas algumas coisas que ouvíamos, e de forma rápida, foi admirável. Ficamos muito felizes por receber feedabcks como “até que fim veio algo legal de fora para nossa cidade”, ou “eu fui em uma unidade em Taubaté e gostei muito”. Além disso, muitas pessoas perguntavam como que elas poderiam ter uma loja igual e isso, realmente, nos motivou demais”, comenta Groke.

A necessidade das clientes também deu vida ao negócio

Marina conta que a necessidade das consumidoras quando o assunto era fazer a unha foi o que motivou a criação da marca. “Víamos muitas mulheres com problemas e dores sem solução no mercado, por isso decidimos investir em pesquisa e desenvolvimento para levar essas soluções a elas. Nossa maior satisfação é ver que um produto nosso resolveu um problema carregado há muito tempo por uma pessoa. Não há dinheiro no mundo que pague isso”, comemora

Metas e objetivos

Com toda esta história e todo planejamento minucioso, claramente, não poderia faltar muita confiança para esta empreendedora arrojada. As metas e objetivos daqui para frente são ainda maiores.

Dona de uma rede que faturou mais de R$10 milhões em 2020, mesmo em meio a pandemia, Marina diz que a expectativa para 2021 é crescer 35%, contando com a nova rede lançada neste ano e com a inauguração da fábrica própria, fazendo dela referência no país. Ainda pretende levar a marca Unhas Cariocas para outros países.

“Temos metas muitos ousadas e todas elas estão relacionadas a gerar resultados com excelência para nossas clientes e colaboradoras. Neste momento estamos lançando mais uma marca no mercado, a Escova Express, preenchendo uma lacuna existente, na qual as mulheres possam entrar em um local especializado e sair prontas de forma rápida e com qualidade. Estamos, também, em processo de implantação da nossa fábrica, com isso transferimos nossa sede para uma área de 6 mil m², onde iremos concentrar todas nossas operações. Já os próximos passos para 2021 são internacionalizar e chegar a 100 unidades da Unhas Cariocas, além de mais 30 novas unidades da Escova Express. E até o final de 2022 vamos tornar a nossa fábrica de cosméticos em referência nacional na produção de esmaltes”, finaliza Marina.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Empreendedora de R$10 mi: de gerente administrativa a franqueadora de beleza"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *