Emae e Prefeitura autorizam ampliação da capacidade da balsa

667 0

Crédito Foto – Ricardo Cassin/PMSBC

Da Redação – Comprometida em buscar uma solução para melhorar o acesso de veículos e passageiros à balsa João Basso, no bairro Riacho Grande, a Prefeitura de São Bernardo conquistou nesta quarta-feira (05/07) a autorização para ampliação da capacidade da balsa que dá acesso ao bairro Tatetos, pela Represa Billings. A nova plataforma flutuante terá capacidade para transportar 400 passageiros e 40 veículos, o dobro da capacidade atual (18 veículos e 200 passageiros).

A nova embarcação será entregue no primeiro semestre de 2018, com custos estimados em R$ 2,5 milhões. Além do aumento da capacidade, a Empresa Metropolitana de Águas e Energia (Emae) também iniciará, com custos próprios, estudo de viabilidade técnica, ambiental e econômica para instalação de uma balsa adicional, não cabeada. A operadora de energia também ampliará o número de funcionários destacados para realizar a fiscalização em áreas de proteção, a fim de evitar novas ocupações no entorno da Billings.

O termo que providencia a execução das medidas foi assinado em cerimônia realizada no Salão Nobre do Paço e que contou com a presença do prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, do presidente da Emae, Luiz Carlos Ciocchi, secretários da Administração, vereadores, além de líderes de bairros e moradores da região do Pós-Balsa.

“A população desta região têm sofrido ao longo dos anos e pedido por melhorias. É obrigação do poder público providenciar condições dignas de vida a estas pessoas em todas as áreas. Isso passa por controlar as questões ambientais, mas também diminuir o transtorno. Não é humano uma pessoa ficar entre duas e três horas para fazer uma travessia. Agora, a capacidade será dobrada. Saímos do discurso e partimos para ação”, discursou Morando.

O desfecho positivo para o problema da balsa foi conquistado após série de reuniões realizadas entre a o chefe do Executivo e o presidente da Emae, com participação do secretário de Gestão Ambiental, Mario de Abreu, do titular de Habitação de São Bernardo, João Abukater, e do presidente da Empresa de Transporte Coletivo (ETC), Ademir Silvestre.

“Tive diversas conversas com o prefeito e fico feliz de chegar aqui hoje com boas novas. O que a Emae pode fazer, está fazendo. Estamos sempre à disposição e de portas abertas para que possamos prestar um bom serviço para a população de São Bernardo”, destacou Ciocchi.

Homenagem – Atualmente denominada João Basso, a embarcação que atravessa a Billings ligando o Riacho Grande ao Pós-Balsa poderá ganhar novo nome, conforme sugestão do prefeito. A proposta é homenagear o morador da região Elson Sene, falecido aos 54 anos, no ano passado. Sene foi um dos principais nomes na luta dos moradores locais por melhorias na área, inclusive, na travessia da represa.

Total 1 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Emae e Prefeitura autorizam ampliação da capacidade da balsa"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *