Em tempos de Pandemia, aumenta a importância das aulas de Educação Física

103 0

Exercícios colaboram também para a saúde mental

Da Redação – De março de 2020 para cá, os dias vêm sendo bastante desgastantes sob diferentes aspectos em função da pandemia que ainda vivemos. O aspecto emocional é um dos pontos mais delicados e com os estudantes não é diferente. Nos últimos tempos, olhar a disciplina educação física com todo carinho que merece se tornou ainda mais importante. Os exercícios físicos são grandes aliados para o bom funcionamento da saúde mental. 

A Educação Física, como disciplina curricular, desenvolve práticas de exercícios físicos que cuidam da saúde de uma forma global. Diferentemente da percepção de muitos, os exercícios realizados não são relevantes apenas para a saúde física, mas também para a saúde mental. Quem pratica exercícios físicos conta com uma significativa parceria: a produção de hormônios como a endorfina, dopamina e seretonina, conhecidos como hormônios da felicidade. 

Atento ao lado emocional dos alunos, o Elite Rede de Ensino – que conta com a unidade Elite Mauá – não parou com as aulas de educação física. Mesmo em 2020, quando o ensino estava integralmente remoto em todas as unidades. A escola elaborou um programa com exercícios adaptados, que poderiam ser realizados em casa, e com vídeos demonstrativos. Para Matheus de Oliveira, aluno no oitavo ano, a continuidade das aulas tem grande relevância. “Mesmo com o isolamento social, consigo manter um bom condicionamento físico. Além disso, ganhei uma boa diversão em casa. Com a educação física, os dias têm sido mais leves”, destaca.

Esse ano, as aulas de educação física seguem a todo vapor. Variando de acordo com o momento de cada cidade quanto à pandemia e respeitando o direcionamento dos órgãos competentes, há unidades da escola que seguem com o ensino remoto, já em outras entrou em vigor o ensino presencial paralelo ao ensino on-line.

Os estudantes do ensino presencial estão aprendendo sobre a “nova educação física”, já que no momento várias atividades são inviáveis. Segundo a coordenadora e professora de educação física do Elite, Fabiana Muniz, a dinâmica foi pensada obedecendo os protocolos de segurança. “Não pode ter contato entre os estudantes, nem compartilhamento do mesmo material, o uso de máscara é obrigatório assim como o distanciamento seguro entre os alunos e o uso da garrafinha é individual. Yoga a fim de equilibrar o corpo e a mente, alongamento para melhorar a flexibilidade, exercícios de treinamento funcional, a prática de bocha – que o próprio aluno constrói seu material com bola de meia ou de papel – são exemplos de trabalhados realizados no momento. A saúde e o bem-estar são os principais objetivos”.

Muitas pessoas pararam de se movimentar devido à pandemia. Na visão de Fabiana, isso é preocupante. “O corpo humano é uma máquina que precisa de movimento. Quando a pessoa deixa de se movimentar provoca um mau funcionamento dessa máquina. E as consequencias não são boas: diminuição da força muscular pela falta de estímulos dos músculos, aumento de gordura corporal e baixa imunidade são alguns exemplos. É possível se exercitar com segurança”.

Total 1 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Em tempos de Pandemia, aumenta a importância das aulas de Educação Física"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *