Dom Pedro Cipollini celebra 43 anos de ministério sacerdotal

39 0

“Nestes 43 anos quantas pessoas rezaram por mim! Assim como rezam por vocês, pelos padres. De fato, não existe uma vocação sacerdotal que chegue plena na sua ordenação, se não tiver um exército de pessoas rezando. O êxito da missão dos padres depende muito da oração dos fiéis.”

Da Redação – Demonstrando gratidão ao povo de Deus, o bispo da Diocese de Santo André, Dom Pedro Carlos Cipollini, 68 anos, celebrou na noite de quinta-feira (25/02), a Santa Missa em Ação de Graças pelos seus 43 anos de ordenação presbiteral, na Catedral Nossa Senhora do Carmo, no Centro da cidade andreense.

“Coloco como intenção especial nesta missa, os 43 anos de ministério sacerdotal, dez dos quais como bispo. É um motivo de gratidão a Deus e a toda a Igreja, neste tempo em que posso servir, para agradecer o fato de poder servir no ministério de presbítero. Fico feliz de todos vocês se unirem a mim para darmos graças a Deus”, agradece.

Dom Pedro iniciou a missa saudando a todos os presentes, os padres Joel Nery (pároco da Catedral do Carmo), Marcos Vinícius Wanderlei da Silva (pároco da Paróquia São Geraldo Magella, em Santo André), Clayton Ramos Costa (pároco da Paróquia Nossa Senhora dos Navegantes, em Diadema), e Camilo Gonçalves Lima (secretário episcopal), paroquianos e diocesanos que acompanharam a celebração pelas mídias sociais.

A vocação que vem de Deus

“Sou um padre feliz, nunca me arrependi de ser um padre. Sempre gostei e cada vez gosto mais. Vale à pena qualquer sacrifício para seguir essa vocação, porque a vocação não é dele, é de Deus. E Deus partilha um desígnio que Ele tem para você. É da Igreja, não é para servir a si mesmo. Então, em primeiro lugar a vocação de Deus, depois uma vocação eclesial e por fim, a vocação é dele (padre)”, comenta.

Dom Pedro foi ordenado presbítero no dia 25 de fevereiro de 1978 pelo bispo de Franca, Dom Diógenes Silva Matthes, na Catedral da Imaculada Conceição em Franca (SP).

Poder da oração

Durante a homilia, o bispo diocesano destacou que o tempo quaresmal nos traz um apelo maior à conversão: “Convertei-vos e crede no Evangelho” (Mc 1,15) para purificação do nosso interior, do nosso coração, da nossa vida e da nossa alma. “Isso é obra de Deus, um verdadeiro milagre, e nos indica como colaborar na prática do jejum, da esmola sob a forma de partilha, e da oração”, salienta.

Na meditação do Evangelho de Mateus (7,7-12), Dom Pedro destaca a importância da oração para os cristãos, como um “respirar da alma”.

“Um dos principais pontos da nossa vida é a oração. Uma vida de ação sem momentos de oração vai se esvaziando, vai ficando sem sabor. É preciso agir, mas precisamos ter momentos de oração comunitária e pessoal, também”, aponta o bispo, ao relembrar que Jesus sempre citar exemplos de São Paulo, na Carta de São Paulo aos  Tessalonicenses, “Orai sem Cessar” (5:17), e de Santa Teresa D’Ávila “Orar é falar com alguém que você sabe que te ama, Deus.”

Uma história marcante

Então, Dom Pedro recordou sobre o Movimento das Mães e Madrinhas, Pais e Padrinhos Orantes pelos Sacerdotes que exerce esse ofício de rezar pelos padres e relembrou uma história marcante de sua vida no ministério presbiteral. 

“Agradeço muito a Deus pelas muitas pessoas que rezaram e ainda rezam por mim. Numa das paróquias que trabalhei tínhamos o costume de escrever num papelzinho os nomes de seminaristas e de padres, no mês de agosto ,quando se reza pelas vocações e celebramos a Festa de São João Maria Vianney, o Cura D”ars (4 de agosto). E neste dia quem quisesse pegava o papelzinho para rezar pelo escolhido. E tinha uma senhora de outra paróquia que saiu com o meu nome. Ela veio até mim e disse: “Peguei o seu nome para rezar”. E assim foi durante nove anos. Rezava e quando eu fazia aniversário de ordenação, ela vinha na paróquia, pois ela era de outra.. Ela rezou por mim, e eu agora rezo por ela para que Deus a receba em sua glória”, conta.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Dom Pedro Cipollini celebra 43 anos de ministério sacerdotal"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *