Diadema abre mês de conscientização em defesa da mulher

436 0

Texto: Beatriz Gracindo Lucas – Crédito-fotos: Adriana-Horvath (PMD)

Da Redação – Com o tema “Diadema em Defesa da Mulher”, a Prefeitura de Diadema deu início ao mês de conscientização sobre violência contra mulher na sexta-feira. A abertura contou com o Seminário “Violência Doméstica: Uma Reflexão Necessária” que também faz parte das atividades de comemoração ao 28º aniversário da Casa Beth Lobo.

“Este é um momento de reflexão e discussão para mudar esse ciclo de violência contra a mulher. É necessário também que essa temática seja trabalhada dentro de casa, dialogando e conversando, para avançar cada dia mais e mudar essa realidade”, ressaltou a secretária interina de Assistência Social e Cidadania, Caroline Rocha.

“A rede da Assistência tem trabalhado na identificação dessa violência. A Casa Beth Lobo auxilia vítimas de violência com atendimento especializado e humanizado. É por isso, que a Casa é uma referência na região”, completou.

O seminário contou com três temas, sendo o primeiro sobre o atendimento humanizado realizado em Diadema, palestrado pela coordenadora da Casa Beth Lobo, Luciene Rosa Santana. O segundo sobre prática de atendimento e o impacto da violência sexual na sexualidade da mulher, proferida pela médica, sexóloga criminal e bioticista do Hospital Pérola Byington, Dra. Mariana Silva Ferreira. O último abordou o tema sexualidade enquanto um tabu social e suas implicações no atendimento a vítima, realizada pelo médico ginecologista, Dr. Théo Lerner.

A professora da Academia de Polícia de São Paulo e fundadora da ação social Pródigs (Ação Pró-Dignidade Sexual), Mariana Silva Ferreira, destacou em sua palestra que são registrados 61 mil boletins de estupro por ano, sendo que apenas 10% das vítimas denunciam.

A médica ressaltou ainda a importância da discussão do tema. “Falar sobre violência sexual é essencial. Precisamos discutir e elaborar métodos de prevenção, pois é a única ferramenta que temos para reduzir o número de casos. Quando se trata de violência doméstica, a gente precisa conscientizar a mulher que não é porque ela tem um relacionamento ou é casada que ela é obrigada a ter relações sexuais quando ela não quer”.

A abertura do evento contou com uma leitura dramática do Teatro da Casa Beth Lobo, contando a história da Elizabeth Lobo e da Maria da Penha, e com a presença de autoridades.

Confira a programação completa aqui.

Casa Beth Lobo – A Casa Beth Lobo oferece serviço especializado no atendimento de mulheres vítimas de violência. As mulheres recebem atendimento técnico por meio de equipe psicossocial e jurídica, além de participar do grupo de teatro que tem por finalidade divulgar, em seus espetáculos, a importância das mulheres lutarem por seus direitos.

Após a reinauguração do espaço, em 2016, a Casa Beth Lobo teve um crescimento significativo de atendimento. O novo espaço proporciona um local aconchegante para os atendimentos dessas mulheres. Sendo um lugar de fácil acesso, houve o aumento do número de atendimentos.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Diadema abre mês de conscientização em defesa da mulher"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *